REDES SOCIAIS

Luisa Mell entra com medida protetiva de urgência contra o ex-marido

Gilberto Zaborowsky estaria proibido de chegar a menos de 500 metros de distância da ativista

Portal UAI
postado em 07/10/2021 21:46
 (crédito: Reprodução / Instagram)
(crédito: Reprodução / Instagram)

Separada do empresário Gilberto Zaborowsky , Luisa Mell parece estar enfrentando momentos difíceis em sua vida. De acordo com informações do Portal UOL , a apresentadora entrou com um pedido de medida protetiva de urgência contra o ex-marido.

A ativista teria entrado com a medida na última segunda-feira (04/10), no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. O UOL teve acesso aos documentos e Luisa pede que Gilberto mantenha uma distância mínima de 500 metros, assim o proibindo de entrar em locais frequentados pela apresentadora. O empresário também não pode entrar em contato com a ativista por meios físicos ou eletrônico, nem está autorizado a movimentar bens que pertenciam ao casal antes da separação.

Casada com Zaborowsky por dez anos, ela se separou em julho deste ano. Mell passou por um procedimento estético invasivo, em que fez uma lipoaspiração nas axilas , autorizada pelo ex-marido enquanto ela estava desacordada.

Criador de saguis processa Luisa Mell e pede R$ 50 mil

A protetora dos animais foi processada por um criador de saguis da cidade de Xanxerê, em Santa Catarina. Segundo informações do site Hora Top TV & Novela , o homem, que não teve a sua identidade revelada, resolveu processar a ativista da causa animal após tomar conhecimento de um vídeo postado pela apresentadora no instagram no dia 22 de agosto de 2021.

Na ação judicial, o profissional afirma que a postagem de Luisa é "inverídica e atentatória à sua dignidade", e que ela "propaga a informação de maneira odiosa, sem fundamento técnico e jurídico".

 

"O prêmio é um sagui? Eu não podia acreditar, mas era real. A foto não me deixava dúvida, eles realmente vão sortear um macaco? Foi quando eu resolvi ir até o perfil do responsável”, diz um trecho do vídeo.

Com isso, ele pede uma indenização de R$ 50 mil por danos morais.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE