Tantas Palavras

Correio Braziliense
postado em 13/10/2021 20:17

Catar pitangas

catar pitangas, mais que colher
catar primeiro com o olhar o tom certo do maduro
buscar a que se desprenderá ao mais leve toque, quase sopro
não ser enganado pela luz; a madurez, às vezes
questão de ângulo
buscar o rubi pleno a
forma já plena
apenas as que se soltam
desmaiadas entre os dedos leves, estão prontas para a boca
a língua, o nem mastigar
mantê-las na boca por um tempo, ainda que brevíssimo
catar pitangas como as catadoras de chá na China
as infinitamente delicadas

Maria Lúcia Verdi

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE