Cinema

Dakota Johnson afirma que não se arrepende de ter atuado em '50 Tons de cinza'

Atriz interpretou a estudante de literatura Anastasia Steele em '50 tons de cinza' e garantiu que não se arrepende de ter aceitado filmar o longa

Correio Braziliense
postado em 05/11/2021 10:43
A atriz garantiu não estar arrependida em entrevista a site americano -  (crédito: ANGELA WEISS)
A atriz garantiu não estar arrependida em entrevista a site americano - (crédito: ANGELA WEISS)

A atriz Dakota Johnson afirmou, esta semana, ao Hollywood Reporter, que não se arrepende de seu papel na trilogia de produção bilionária 50 tons de cinza. Com papéis em grandes produções, como A rede social, A batida perfeita e Como ser solteira, Dakota é um dos destaques da geração atual na cinematografia norte-americana.

Em 50 tons de Cinza, a atriz interpreta, ao lado de Jamie Dornan, a estudante de literatura Anastasia Steele. O ator vive um jovem bilionário e poderoso. O casal se apaixona quando Anastasia entrevista o personagem vivido por Dornan. Com o relacionamento, a personagem passa a viver novas descobertas sexuais até então desconhecidas.

A atriz ficou receosa ao aceitar o papel, mas se convenceu a partir do momento em que tinha ao seu lado elenco, roteiro e produção de qualidade. “Não presto atenção ao barulho. Eu presto atenção se o roteiro é ótimo e se as pessoas envolvidas são ótimas", disse a atriz.

Dakota ainda comentou que recorreu a sua amiga e também atriz Emily Blunt, ao ser escalada para o papel. “Lembro que falei com Emily Blunt e pensei: devo fazer essa trilogia? Por que quero ter uma carreira muito especial e quero fazer um certo tipo de filme'. E eu sei que isso vai mudar as coisas. ' Ela estava tipo: 'F** faça isso se parecer certo. Apenas faça. Sempre faça o que quiser”, contou.

A trilogia de filmes está disponível na Globoplay, Google Play e Amazon Prime, respectivamente.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE