HORÓSCOPO

Horóscopo do dia: confira o que os astros revelam para esta quinta (11/11)

Veja o horóscopo por Oscar Quiroga para desvendar esta quinta-feira, 11 de novembro, de acordo com cada signo

Oscar Quiroga
postado em 11/11/2021 05:53 / atualizado em 11/11/2021 05:54
 (crédito: Pixabay/Reprodução)
(crédito: Pixabay/Reprodução)

Queridas famílias

Data estelar: Lua quarto crescente em Aquário.

Se o mundo está como está e a família é a célula básica da sociedade, então temos de voltar nossos olhos para ver de que forma nossas famílias continuam sendo o útero que gesta o caos.

Famílias são células, e a continuidade da vida de toda célula é o relacionamento de sinergia que existe nos organismos, pois, se as células se isolam e funcionam sem agregar nada, acabam, ao contrário, se tornando predadoras destrutivas.

E se as nossas crenças nos conduzem a perpetuar esse estado de coisas, então, como adultos que somos, temos a obrigação de passar em revista toda crença que não produza alegria e bem-estar.
Ouves esse barulho estrondoso? São os paradigmas desmoronando sob o implacável raiar da lucidez.

ÁRIES (nascimento entre 21/3 a 20/4)

Difícil lidar com certas pessoas, porém, mais difícil ainda seria se essas pessoas não existissem, porque pela dificuldade que criam, sua alma encontra a chance de fazer ajustes que de outra forma seriam despercebidos.

TOURO (nascimento entre 21/4 a 20/5)

Ainda que seja um tormento ter de enfrentar algumas questões, elas se tornaram ineludíveis, e agora é a hora de as domar, mesmo que à unha. Enfrente, porque por pior que seja isso, ainda assim será melhor do que driblar.

GÊMEOS (nascimento entre 21/5 a 20/6)

Com tanta coisa para fazer e tão pouco tempo para dar conta do recado, seria contraproducente você se envolver em qualquer tipo de conflito agora, não lhe parece? Melhor fazer cara de panorama e seguir em frente.

CÂNCER (nascimento entre 21/6 a 21/7)

Há coisas que a alma não suporta e, mesmo que em tempos normais aguente com cordialidade e gentileza, agora parece que as emoções ficaram tão misturadas que se tornou necessário expressar e ganhar alívio com isso.

LEÃO (nascimento entre 22/7 a 22/8)

As crenças são invioláveis, você nunca terá capacidade de fazer com que uma pessoa mude sua crença, não importa o quanto você tenha razão. Da mesma forma, ninguém poderá fazer com que você mude suas crenças.

VIRGEM (nascimento entre 23/8 a 22/9)

A questão da confiança sempre será delicada, porque sem ela os relacionamentos se complicam, mas também muitas dificuldades aconteceram por ela, já que muitas pessoas abusaram da confiança e a traíram. E então?

LIBRA (nascimento entre 23/9 a 22/10)

O cumprimento das obrigações não precisa ser um tormento, porque se você se dedica a fazer o que gosta, sempre haverá algum regozijo envolvido. Se esse não for o caso, então valerá a pena fazer algumas mudanças.

ESCORPIÃO (nascimento entre 23/9 a 21/11)

As discussões estão na pauta, mas será que todas valem o desgaste que provocam? Não seria melhor você fazer uma retirada estratégica, em vez de discutir razões que, na verdade, são crenças? Será?

SAGITÁRIO (nascimento entre 22/11 a 21/12)

Quando você entra em conflito com as pessoas, mesmo que sua alma esteja coberta de razões, o resultado é sempre uma exposição de vulnerabilidades que não seria nem adequada nem muito menos necessária. Melhor não.

CAPRICÓRNIO (nascimento entre 22/12 a 20/1)

As mudanças necessárias só serão sofridas na mesma medida em que sua alma resistir a elas. É o atrito entre a necessidade e o desejo o que provoca sofrimento, algo completamente evitável. Mas que ninguém evita.

AQUÁRIO (nascimento entre 21/1 a 19/2)

Nem sempre é possível fazer tudo que seja do seu gosto, há também obrigações que, mesmo sua alma não as apreciando, precisam ser cumpridas, são os sacrifícios que todo ser humano há de fazer para manter a ordem.

PEIXES (nascimento entre 20/2 a 20/3)

Seria melhor se tudo acontecesse na paz e no sossego, mas há momentos da vida, como este, em que se torna necessário enfrentar tudo que é tão difícil, que normalmente sua alma driblaria ou procrastinaria. Dessa vez, não.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE