Artes Visuais

Escultura de 7 metros feita em neon convida público à interação

Escultura criada pelo artista Alê Jordão foi construída com 200 lâmpadas de led e será inaugurada na praça central do Casa Park

Nahima Maciel
postado em 11/11/2021 11:10 / atualizado em 11/11/2021 11:11
Alê Jordão criou uma escultura de 7 metros em neon -  (crédito: Front Filmes)
Alê Jordão criou uma escultura de 7 metros em neon - (crédito: Front Filmes)

O playground sempre chamou a atenção do artista plástico Alê Jordão, sobretudo os trepa trepas, nos quais as crianças gostam de se pendurar. Com a pandemia, a liberdade para brincadeiras nesse tipo de equipamento acabou restrita. O perigo do contágio ao se ter contato com superfícies contaminadas afastou crianças e adultos dos playgrounds. Foi um pouco a constatação dessas circunstâncias e o fascínio pelo equipamento que levaram o artista a criar a instalação de Natal concebida para a Praça Central do Casa Park.

A obra será inaugurada nesta quinta-feira (11/11), às 19h. Durante a abertura, os integrantes da Oficina Circo Íntimo apresentam o Sarau 2, durante o qual a dança contemporânea vai se misturar à literatura e à música para uma celebração da cultura popular.

As luzes são uma constante nos trabalhos de Alê Jordão. Para o trepa trepa de sete metros criado para a instalação, ele utilizou 200 lâmpadas de led de diferentes cores. “Quando eu era criança, o lugar mais interessante para mim era o playground”, conta. “A obra é uma instalação, só que de luz. São várias luzes de néon, fazendo uma instalação cinética para o olhar.” A sensação de movimento é ilusória porque as luzes não se movem, mas a interação com o olhar proporciona faz o espectador achar que há movimentação. “E a cada ponto que você anda vai descobrir uma palavra”, avisa o artista.

Muito ligado à arte urbana, ao grafite e à pichação, Alè Jordão levou para a instalação um clima de intervenção comum aos espaços públicos das cidades. Com palavras como fé, paz e love, ele propõe que o público associe a luz à ideia de um futuro menos catastrófico. “Tenho essa linguagem de rua do grafite, do picho, da intervenção urbana, só que estou colocando isso dentro do shopping. É um playground de luz. E fiz um corredor no meio onde as pessoas podem entrar e fazer uma passagem na qual tem um labirinto de luz”, diz. “Luz é vida, energia, amor, sexo, tesão, tudo que traz coisa boa. E tem que tomar cuidado porque quanto maior sua luz, maior sua sombra, então a gente tem que andar junto. É trazer a luz para nosso universo. E o neon, desconstruindo, vem de neo, novo, então é trazer uma luz nova, imersiva.”

 

  • Fotos do escultor e artista plástico Alê Jordão
    Fotos do escultor e artista plástico Alê Jordão Foto: Front Filmes
  • Fotos do escultor e artista plástico Alê Jordão
    Fotos do escultor e artista plástico Alê Jordão Foto: Front Filmes
Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE