Patrimônios imateriais

Livros infanto-juvenis viajam pelos patrimônios imateriais do Brasil

O lançamento do box Manifestações culturais do Brasil será nesta terça-feira (28/12), às 18h, na Livraria da Travessa, no shopping CasaPark

Correio Braziliense
postado em 27/12/2021 19:32
Tino Freitas é autor dos textos do box sobre os patrimônio imateriais do Brasil   -  (crédito: Divulgação/Jornadinha Literária)
Tino Freitas é autor dos textos do box sobre os patrimônio imateriais do Brasil - (crédito: Divulgação/Jornadinha Literária)

Na terça-feira (28/12) será lançado o box infanto-juvenil Manifestações culturais do Brasil (Quereres Edições), às 18h, na Livraria da Travessa (shopping CasaPark). Com texto do premiado autor Tino Freitas e ilustrações de Felipe Cavalcante e Lucas Gehre, a obra reúne os livros Um passeio pelo Patrimônio Imaterial Brasileiro e Uma viagem cultural pelo Brasil criativo, além de uma caderneta de brincadeiras e um mapa ilustrativo para apresentar às crianças e jovens 50 bens brasileiros registrados como patrimônio imaterial pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) nos últimos 20 anos. O lançamento contará com a presença do autor e a participação do grupo Mamulengo Lengo Tengo.

Idealizados pelos produtores Fernanda Pereira e Luiz Prado (LP Arte Soluções Culturais), os dois volumes reunidos no box acompanham uma divertida viagem pelo Brasil feita pelos irmãos Ada e Tonico, ao lado de seu papagaio, o Mário (uma homenagem a Mário de Andrade). Núbia e Coaraci, pais da dupla, também embarcam com eles a bordo da kombi da família, a Catinga. Juntos, os cinco vão viajar de norte a sul do Brasil em um percurso recheado de aventuras e fantasia. A Feira de Caruaru, a Literatura de Cordel, o Ofício das Paneleiras de Goiabeiras, o Samba de Roda do Recôncavo Baiano, o Modo de Fazer Viola-de-Cocho, o Frevo, o Tambor de Crioula e as Matrizes do Samba no Rio de Janeiro estão entre os bens apresentados na trama. Haverá também opção de audiolivro como recurso de acessibilidade para quem adquirir a publicação.

Os produtores Fernanda Pereira e Luiz Prado, também responsáveis pela pesquisa inicial, idealizaram os livros há quase uma década, mas devido à complexidade e dimensão do projeto, só agora conseguiram viabilizar a ideia. Antes, a dupla já havia montado a exposição Patrimônio imaterial brasileiro, que passou por várias capitais brasileiras, em jornada iniciada em 2014.

Além dos dois livros, a equipe criou uma caderneta de brincadeiras, com textos de Graça Ramos para que as crianças possam fixar o conteúdo presente na história, com jogos como palavras-cruzadas, sopa de letrinhas, perguntas e respostas.

Um dos objetivos do projeto é investir na educação brasileira e levar o Patrimônio Cultural Imaterial para as salas de aula da rede pública de ensino. Mais de 25 municípios receberão esses livros (4 mil unidades). Também faz parte desta ação a apresentação de videoaulas, que detalham propostas de exercícios pensados especialmente para o cada um dos nove estados contemplados pelo projeto, além do Distrito Federal: Bahia, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Pará, Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo. A parte educativa foi desenvolvida pelos produtores em parceria com a Unesco.

Manifestações culturais do Brasil
Terça-feira (28/12), às 18h, na Livraria da Travessa (CasaPark). Lançamento do box infanto-juvenil. Preço: R$ 120.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE