música

Após turnê, álbum traz a versão sinfônica dos grandes sucessos de Nando Reis

Com produção de Felipe Cambraia e Cristiano Alves, na sede do grupo, na capital carioca, o CD foi mixado no estúdio Cia dos Técnicos, por Arthur Luna

Correio Braziliense
postado em 05/04/2022 06:00
 (crédito: Carol Siqueira/Divulgação)
(crédito: Carol Siqueira/Divulgação)

Parceria iniciada em 2017, a da Orquestra Petrobras Sinfônica com Nando Reis, que a princípio seria restrita a um concerto no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, sob a regência do maestro Isaac Karabtchevsky, se transformou numa turnê que contemplou seis capitais brasileiras. O encontro teve outro desdobramento e resultou num disco, lançado recentemente.

Intitulado Orquestra Petrobras Sinfônica e Nando Reis, o álbum reúne oito músicas do cantor e compositor paulistano, com arranjos orquestrados — fato inédito na carreira do artista. Com produção de Felipe Cambraia e Cristiano Alves, na sede do grupo, na capital carioca, o CD foi mixado no estúdio Cia dos Técnicos, por Arthur Luna.

O repertório traz na abertura a canção Cegos do Castelo (da época dos Titãs), que se junta aos clássicos do pop nacional Luz dos olhos, Sei, Só posso dizer, Só posso dizer, All Star, Sei, Espatódea, Pra você guardei e Por onde andei. Todas estão disponíveis em plataformas digitais como Deezer, Spotify e YouTube.

"A trajetória que percorri com Nando Reis, entre turnê, concertos, e gravações, me trouxe muita alegria e um senso de musicalidade e plenitude. Nando não é apenas um excelente cantor. É um intérprete que assume a função de um poeta, daquele que é consciente do poder da palavra", ressalta Karabtchevsky. Já Nando Reis considera um marco a gravação do disco. "Tocar com a Petrobras Sinfônica é como dar um pulo no céu e flutuar com os anjos. Os arranjos acrescentaram às canções camadas dramáticas. Tudo ficou muito lindo."

CONTINUE LENDO SOBRE