Cinema

Festival de Cannes 2022 anuncia seleção de filmes indicados à competição

'Elvis', dirigido por Baz Luhrmann e 'Hunt', dirigido pelo ator Lee Jung-jae, recebem destaque no festival

Correio Braziliense
postado em 18/04/2022 14:07
 (crédito: Divulgação)
(crédito: Divulgação)

Na última quinta-feira (14/04), o Festival de Cannes 2022, que acontece entre 17 e 28 de maio na Riviera Francesa, anunciou a lista completa de filmes indicados à competição.

Entre os destaques, Hunt, dirigido pelo ator de Round-6, Lee Jung-jae, conta a história de dois agentes rivais de segurança nacional. Ambos perseguem um espião norte-coreano e, no decorrer do longa, eles descobrem alguns segredos do país. O filme estreia fora de competição em Sessões da meia-noite, que é, normalmente, destinado a thrillers.

Elvis, dirigido por Baz Luhrmann, também estreia fora de competição. O longa terá Austin Butler no papel principal e Tom Hanks como Coronel Tom Parker, empresário de Elvis, com quem mantinha uma relação abusiva. Enquanto conta a história do rei do rock, no formato de cinebiografia, o filme promete  narrar a trajetória de Elvis desde a infância até tornar-se um astro.

Os destaques continuam com Beast, estreia na direção da atriz Riley Keough (Mad Max: estrada da fúria); Irma Vep, série de TV do diretor Olivier Assayas (Acima das nuvens) estrelada por Alicia Vikander.

Diretores consagrados como David Cronenberg (Crimes of the future), George Miller (Three thousand years of longing), Kelly Reichardt (Showing up) e James Gray (Armageddon time) também tiveram suas obras incluídas na lista.

Confira a lista completa das obras indicadas:

Filme de abertura

Z, de Michel Hazanavicius

 

Concorrentes à Palma de Ouro

Holy spider, de Ali Abbasi

Les amandiers, de Valeria Bruni Tedeschi

Crimes of the future, de David Cronenberg

The stars at noon, de Claire Denis

Frere et soeur, de Arnaud Desplechin

Tori and Lokita, de Jean-Pierre & Luc Dardenne

Close, de Lukas Dhont

Armageddon time, de James Gray

Broker, de Hirokazu Kore-eda

Nostalgia, de Mario Martone

R.M.N., de Cristian Mungiu

Triangle of sadness, de Ruben Ostlund

Decisions to leave, de Park Chan-Wook

Showing up, de Kelly Reichardt

Leila’s brother, de Saeed Roustayi

Boy from heaven, de Tarik Saleh

Tchaikovsky’s wife, de Kirill Serebrennikov

Hi-Han (Eo), de Jerzy Skolimowski

 

Mostra "Um Certo Olhar"

Les Pires, de Lise Akoka & Romane Gueret

Burning days, de Emin Alper

Metronom, de Alexandru Belc

Retour a Seoul, de Davy Chou

Sick of myself, de Kristoffer Borgli

Domingo y La niebla, de Ariel Escalante Meza

Plan 75, de Hayakawa Chie

Beast, de Riley Keough & Gina Gammell

Corsage, de Marie Kreutzer

Butterfly vision, de Maksym Nakonechnyi

Volada land, de Hlynur Palmason

Rodeo, de Lola Quivoron

Joyland, de Saim Sadiq

The stranger, de Thomas M. Wright

The silent twins, de Agnieszka Smoczynska

 

Estreiam em Cannes


Outside night, de Marco Bellocchio

Nos frangins, de Rachid Bouchareb

Irma Vep, de Olivier Assayas

Dodo, de Panos H. Koutras

 

Exibições fora de competição

Top gun: Maverick, de Joseph Kosinski

Elvis, de Baz Luhrmann

Three thousand years of longing, de George Miller

November, de Cédric Jimenez

Masquerade, de Nicolas Bedos

 

Sessões da meia-noite

Moonage daydream, de Brett Morgen

Smoking makes you cough, de Quentin Dupieux

Hunt, de Lee Jung-Jae

 

Exibições especiais

The natural history of destruction, de Sergei Loznitsa

Jerry Lee Lewis: Trouble in Mind, de Ethan Coen

All that breathes, de Shaunak Sen

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE