Permanência de Guedes faz dólar recuar e bolsa bater mais de 100 mil pontos

Bolsonaro descartou a hipótese de demissão do ministro, o que tranquilizou os investidores

Jailson R. Sena*
postado em 18/08/2020 18:15
 (foto: Marcello Casal JrAgência Brasil)
(foto: Marcello Casal JrAgência Brasil)

Com o afastamento de rumores sobre a saída do ministro da Economia, Paulo Guedes, o dólar recuou e fechou em R$5,46. Já o Ibovespa, principal índice nos negócios da Bolsa de Valores de São Paulo (B3), conseguiu recuperar a sessão anterior e alcançou 102.065 pontos.

O mercado reagiu à declaração do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) à CNN Brasil. Segundo o chefe do Executivo, a saída de Guedes "nunca foi cogitada", há "possibilidade zero em furar o teto de gastos" e isso "não será sonhado".

Assim como no Brasil, no exterior a moeda americana segue em ritmo de queda ante outras divisas fortes. A incerteza que ronda os investidores é motivada pela recuperação econômica dos Estados Unidos que ainda não foi discutida entre governo e parlamentares do país.

Outro tema que repercutirá nos próximos meses será a corrida eleitoral americana. Os Democratas já estão realizando a convenção para definir o adversário de Donald Trump na corrida para a Casa Branca.

Já a bolsa de valores foi pautada pela retração de 8,7% da economia brasileira, segundo o Monitor do PIB da Fundação Getúlio Vargas (FGV). Esse índice se refere ao 2º trimestre — período que vem sendo considerado o pior em 40 anos — em comparação com os 3 meses iniciais deste ano.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação