PAINEL TELEBRASIL 2020

Investimentos em telecom cresceram 4,3% no 2º trimestre do ano

Mesmo com pandemia, prestadoras investiram R$ 7,2 bilhões de abril a junho, acima dos R$ 6,9 bilhões do primeiro trimestre. Ao todo, foram injetados R$ 14,1 bilhões no primeiro semestre

Simone Kafruni
postado em 08/09/2020 13:23
 (foto: : Andre Correa/CB/D.A Press)
(foto: : Andre Correa/CB/D.A Press)

Os investimentos em telecomunicações cresceram 4,3% no segundo trimestre de 2020 em relação ao primeiro trimestre do ano, somando R$ 14,1 bilhões no semestre, informou o SindiTelebrasil, organização que representa as operadoras de telecom. O sindicato deve mudar de nome até o fim do Painel Telebrasil 2020, que começou nesta terça-feira (8/9) e termina em 29 de setembro, com quatro eventos virtuais, sempre às terças. Segundo levantamento da entidade, de abril a junho, foram investidos R$ 7,2 bilhões, enquanto, no primeiro trimestre, o aporte foi de R$ 6,9 bilhões.

Na abertura do primeiro dia do painel, Luiz Alexandre Garcia, presidente da Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil), ressaltou a resiliência e robustez da infraestrutura do setor, tanto para lazer nas residências ou para home office. Garcia apresentou alguns dados do setor, consolidados em 2019. “Representamos 3,6% do PIB (Produto Interno Bruto), gerando mais de 1,7 milhões de empregos e R$ 230 bilhões de receita, com recolhimento de R$ 65 bilhões em impostos e R$ 6 bilhões para os fundos setoriais”, pontuou.

Conforme o presidente da Telebrasil, o país é o quinto maior mercado de telecomunicações do mundo, tem 315 milhões de acessos, 230 milhões de conexões móveis, 34 milhões de banda larga mais TV por assinatura e IoT (internet das coisas, na sigla em inglês). “Hoje, temos 70% dos domicílios com fibra ótica e 100% de cobertura celular ou via satélite”, acrescentou.

Garcia destacou a necessidade do setor olhar para o futuro, com a tecnologia 5G e IoT. “Com IoT estaremos falando de bilhões de conexões. No entanto, temos uma carga tributária de 47%, que encarece o serviço para o consumidor final”, disse. “Podemos usar os fundos setoriais para universalizar os serviços de telecomunicações para beneficiar as populações menos favorecidas e a cobertura nas áreas rurais”, completou.

Conectividade

Segundo a TeleBrasil, a conectividade é de 100% do municípios com TV por assinatura e telefonia fixa, são 225 milhões conexões de telefonia móvel, a tecnologia 4G está em 5 mil cidades e 34 milhões de residências e empresas têm banda larga fixa. Os investimentos anuais são de R$ 30 bilhões por ano, sendo que, desde 1998, foram investimentos mais de R$ 1 trilhão, somando as outorgas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação