SERVIÇO

Retomada do atendimento do INSS em Brasília tem filas e segurado sem agendamento

Para ser atendido é preciso fazer um agendamento prévio pelo Meu INSS ou telefone 135

Renata Rios
postado em 14/09/2020 12:38 / atualizado em 14/09/2020 12:39
 (crédito: Ed Alves/CB/ DA Press)
(crédito: Ed Alves/CB/ DA Press)

O atendimento presencial nas agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) foi retomado nesta segunda-feira (14/9) após cinco meses de atendimento remoto. São mais de 600 agências abertas no país. Para evitar aglomerações, os atendimentos estão sendo realizados apenas com agendamento prévio, que pode ser feito pelo telefone 135 ou pelo Meu INSS (gov.br/meu inss, site e aplicativo).


Todas as seis agências de Brasília foram abertas para o público. Apesar do avisos do instituto sobre a necessidade de agendar o atendimento, muitas pessoas compareceram às agências sem o agendamento prévio e não puderam ser atendidas. De acordo com informações do próprio instituto, os agendamentos são para evitar aglomerações, conforme determinações do Ministério da Saúde.


Na primeira fase da reabertura gradual serão priorizados a avaliação social, cumprimento de exigência, justificação administrativa e reabilitação profissional, que são considerados os mais importantes para que possa ser retomado o atendimento presencial.


Outros serviços oferecidos pelo órgão e que não estão disponíveis ainda de forma presencial continuam disponíveis pelos canais remotos, meu INSS e telefone 135. Para os cidadãos que têm dúvidas, ainda há regime de plantão para tirar dúvidas, que continua à disposição da sociedade.


Para aumentar a segurança dos segurados, as agências estarão atendendo abaixo da capacidade habitual. A quantidade de pessoas atendidas será calculada respeitando o tamanho das instalações, como sugere a Anvisa. O uso de máscaras é obrigatório, assim como a aferição da temperatura corporal, feita na porta das agências por um servidor que portará termômetro infravermelho.


Dentro das agências o cuidado continua, o INSS adquiriu Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para os servidores. Uma novidade é a instalação de barreiras de acrílico nas mesas de atendimento. Nas salas de espera, o distanciamento também é respeitado e algumas cadeiras estarão interditadas. Os bebedouros de uso coletivo também serão desativados.


Perícia


A Perícia Médica Federal, que é ligada à Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, ainda não voltou a fazer atendimentos presenciais. Para retomar o atendimento presencial, as salas da perícia demandam adequações, devido à pandemia. AS mudanças estão sendo feitas desde o dia 10 deste mês e, a partir desta segunda o INSS e a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho farão inspeções em conjunto. Logo que as adequações estejam comprovadas, as unidades voltarão a realizar os atendimentos no local.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação