Combustíveis

Petrobras anuncia aumento de 4% no preço da gasolina

É o quarto reajuste em setembro, sendo que os outros três foram de redução dos combustíveis. Desta vez, diesel não terá mudança. Alteração entra em vigor neste quarta-feira

Simone Kafruni
postado em 22/09/2020 15:22 / atualizado em 22/09/2020 17:44

A Petrobras anunciou, nesta terça-feira (22/9), o quarto reajuste seguido dos combustíveis em setembro. Após três cortes consecutivos, o preço do litro da gasolina sofrerá aumento de 4% nas refinarias a partir desta quarta-feira (23/9). O valor do diesel não terá alteração. As três últimas correções, promovidas pela estatal este mês, foram cortes de 3%, 5% e 5% na gasolina e reduções de 6%, 5% e 5% no diesel.

De acordo com o presidente da Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom), Sérgio Araújo, o reajuste anunciado para gasolina “não foi suficiente para eliminar a defasagem em relação ao preço internacional”. “O diesel continua com defasagem desde o início de agosto”, disse.

Segundo a Petrobras, o impacto no preço da gasolina por litro será de R$ 0,06, ou seja, passará a custar R$ 1,66 nas refinarias. No acumulado do ano, o combustível teve redução de 13,3% e o diesel, de 30%. Ainda conforme a estatal, foram 30 reajustes na gasolina, sendo 14 aumentos e 16 reduções, e 24 alterações no diesel, sendo 10 elevações e 14 cortes no valor.

Em Brasília, embora seja possível encontrar gasolina por menos de R$ 4 em aplicativos de alguns estabelecimentos, a média praticada, antes do novo reajuste, era de R$ 4,28 por litro. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação