Moradia

Financiamento habitacional na Caixa pode ser feito por aplicativo

Banco lança aplicativo que permite ao cliente realizar cadastro e acompanhar as etapas para aprovação de crédito imobiliário. Também por meio do app Habitação Caixa, é possível verificar informações como o uso do FGTS e o demonstrativo de valores pagos

Bruna Pauxis*
postado em 19/10/2020 19:05
 (crédito: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
(crédito: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

A Caixa liberou hoje (19), para clientes de todo o país, a possibilidade de contratar financiamento habitacional digital, por meio do aplicativo Habitação Caixa. Pela plataforma, o cliente pode fazer desde o cadastro até acompanhar a aprovação do financiamento, o que torna a visita à agência necessária apenas para a assinatura do contrato.

Para iniciar um financiamento, é preciso baixar o app — disponível para Android e IOS —, fazer a simulação de crédito e, em seguida, escolher a melhor condição apresentada. O cliente insere os dados referentes à proposta, informa o município e o preço do imóvel. O envio dos documentos necessários e a escolha do canal de atendimento — que pode ser agência Digital ou um Correspondente Caixa Aqui — ocorrem por meio do aplicativo.

O usuário pode acompanhar, pela plataforma, todo o processo: recebimento da proposta, possíveis pendências de documentos e o resultado da sua avaliação de crédito. O boleto para pagamento da tarifa inicial é acessado pelo app, assim como o resultado do laudo e o processo de liberação dos recursos da sua conta vinculada do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), caso o tenha utilizado como entrada no financiamento.

O aplicativo tem outros serviços incluídos: emissão de boleto, alteração de dados do contrato, amortização do financiamento, inclusão de débito automático, liquidação antecipada, uso do FGTS, declaração de quitação anual de débitos, demonstrativo de valores pagos e extrato para Imposto de Renda.

 

* Estagiária sob supervisão de Carlos Alexandre de Souza  

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação