MERCADO

Dólar fecha em alta e Ibovespa volta aos 100 mil pontos

Mesmo com incertezas sobre o aumento de casos de covid-19 em alguns países, os investidores se animam com um possível acordo nos EUA para a economia no país

Jailson R. Sena*
postado em 20/10/2020 15:27 / atualizado em 20/10/2020 17:53
 (crédito: Luiz Prado/Divulgação)
(crédito: Luiz Prado/Divulgação)

O dólar quebrou a tendência de fechar em queda nesta terça-feira (20/10), e voltou a ter alta de 0,22%, sendo cotado a R$ 5,61. Já o Ibovespa teve melhor desempenho e avançou 1,91%, alcançando os 100.539 pontos. Os investidores seguem atentos com as preocupações de medidas econômicas mais restritivas em alguns países, provocadas por uma possível segunda onda de casos de covid-19

A Europa segue em alerta com o aumento de casos do novo coronavírus. A Irlanda, por exemplo, deve anunciar níveis mais altos de restrições. No País de Gales, a expectativa é de que se inicie um lockdown nacional. Outros países como Itália, Espanha e Reino Unido já adotaram restrições para limitar os efeitos provocados pelo vírus, que agora ameaça prejudicar uma recuperação econômica.

O que anima os investidores é a possibilidade de acordo entre Republicanos e Democratas sobre o pacote econômico para os Estados Unidos. Os dois partidos estão dialogando e a expectativa é de que o conjunto de medidas seja aprovado em breve.

Brasil

No cenário local, ainda se mantém a indefinição sobre o financiamento do novo programa social do governo de Jair Bolsonaro. Já o Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) desacelerou a alta a 2,92%, na segunda prévia do mês, ante alta de 4,57%, no mesmo período do mês anterior, em meio ao arrefecimento dos preços das commodities.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação