Só 26 aposentados são repostos

Marina Barbosa
postado em 23/10/2020 00:25 / atualizado em 23/10/2020 00:26

A cada 100 servidores públicos que se aposentam, apenas 26 têm o posto ocupado por um novo servidor, hoje em dia, na União. A informação é do ministro da Economia, Paulo Guedes, que, por isso, já prevê uma economia superior a R$ 300 bilhões, em 10 anos, com a reforma administrativa, que ainda depende de aprovação do Congresso.

“Fizemos os cálculos de R$ 300 bilhões com uma taxa de reposição maior. Para cada 100 que se aposentassem, contrataríamos 70. Estamos contratando 26, devido ao avanço da digitalização na administração pública. Então, a economia deve ser maior ainda”, afirmou Guedes, em cerimônia no Palácio do Planalto.

Segundo o Ministério da Economia, o governo digitalizou mil serviços públicos nos últimos dois anos. Com isso, cerca de 88 milhões de atendimentos deixaram de ser presenciais. A meta do governo é digitalizar 100% dos 3,8 mil serviços do governo federal até o fim de 2022, o que proporcionaria uma economia de R$ 38 bilhões nos próximos cinco anos com a eliminação de papel e da burocracia.

Para os servidores, a taxa de reposição mencionada pelo ministro está aquém do necessário, mesmo com a digitalização. Por isso, pode causar prejuízos para a prestação dos serviços públicos.

O presidente do Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado (Fonacate), Rudinei Marques, disse que a administração pública tem menos servidores do que 30 anos atrás. O deficit é de aproximadamente 220 mil servidores, segundo o secretário-geral da Confederação Nacional dos Trabalhadores no Serviço Público Federal (Condsef), Sérgio Ronaldo da Silva.

“O ideal seria manter, no mínimo, o quadro atual, porque muitos serviços não se resolvem com a digitalização. Na área da saúde, por exemplo, é preciso ter alguém na ponta. No INSS, há mais de 1 milhão de benefícios atrasados”, alertou Marques.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação