Retomada

Confiança do comércio recua 3,8 pontos em outubro, diz FGV

Apesar da queda, ritmo de vendas segue em alta, segundo levantamento da Fundação Getulio Vargas. Enquanto os setores de revenda de veículos e eletrodomésticos estão mais otimistas, lojas de vestuário e calçados adotam a cautela

Jailson R. Sena*
postado em 26/10/2020 14:24 / atualizado em 26/10/2020 14:33
 (crédito: Ed Alves/CB/D.A Press)
(crédito: Ed Alves/CB/D.A Press)

O Índice de Confiança do Comércio (ICOM) caiu 3,8 pontos em outubro, passando de 99,6 para 95,8 pontos, interrompendo uma sequência de 5 altas consecutivas, informou nesta segunda-feira (26) a Fundação Getulio Vargas.

“O resultado é fruto da combinação de queda tanto dos indicadores sobre o presente, quanto sobre os próximos meses. Apesar do resultado negativo na ponta, a percepção sobre o ritmo de vendas no mês segue mais positiva, acima dos 100 pontos. Por outro lado, a significativa queda das expectativas mostra que os empresários estão se tornando cada vez mais cautelosos com a sustentabilidade da recuperação ", afirma Rodolpho Tobler, coordenador da Sondagem do Comércio da FGV IBRE.

A confiança também caiu em todos os seis principais segmentos do comércio, com piora tanto percepção do momento presente quanto nas expectativas. O Índice de Situação Atual (ISA-COM) recuou 1,5  para 105,1 pontos e se mantém 12,5 pontos acima do nível pré pandemia além de seguir avançando em médias móveis trimestrais.

Porém, essa percepção positiva sobre o volume de vendas no presente não tem sido disseminada em todos os setores, sendo mais positiva nos últimos meses nos segmentos de revenda de veículos e motos, material para construção e móveis e eletrodomésticos, enquanto lojas de tecidos,vestuário e calçados enfrentam maior dificuldade.

A pesquisa coletou informações de 792 empresas entre os dias 1º e 23 deste mês. A próxima Sondagem do Comércio será divulgada em 26 de novembro.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação