Polêmica

Paulo Guedes critica a Instituição Fiscal Independente do Senado

Segundo o ministro da Economia, a IFI, dirigida pelo economista Felipe Salto, tem previsões fracas e os senadores deveriam "revisar quem a comanda". As declarações repercutiram nas redes sociais

Simone Kafruni
postado em 25/03/2021 15:44 / atualizado em 25/03/2021 22:01
Diretor-executivo da IFI, Felipe Salto, rebateu críticas do ministro nas redes sociais, onde recebeu muito apoio de economistas -  (crédito: Carlos Vieira/CB/D.A Press)
Diretor-executivo da IFI, Felipe Salto, rebateu críticas do ministro nas redes sociais, onde recebeu muito apoio de economistas - (crédito: Carlos Vieira/CB/D.A Press)

Durante a audiência na Comissão Temporária da Covid-19 do Senado, o ministro da Economia, Paulo Guedes, criticou de forma dura a Instituição Fiscal Independente (IFI) da Casa Legislativa. “A IFI tem previsões fracas, erra 10 de 10, e o Senado deveria revisar quem a comanda”, disse. A organização é dirigida pelo economista Felipe Salto, que se manifestou nas redes sociais. As declarações também repercutiram muito entre economistas, que apoiaram a IFI e Salto.

No Twitter, Salto comentou: “Sobre o ataque pessoal feito pelo Min. Paulo Guedes, devo lamentar. Trabalho sem descanso para construir a IFI Brasil, com equipe enxuta. O resultado é reconhecido pela OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), FMI (Fundo Monetário Internacional), mercado, setores do governo, academia, imprensa e Congresso. O ataque revela aversão ao contraditório”, escreveu. "Os excelentes estudos e projeções da Instituição Fiscal Independente do Senado contribuem muitíssimo para a transparência na área fiscal. Não surpreende que sejam alvo de Guedes”, acrescentou.

Laura Carvalho, economista e professora da Universidade de São Paulo, alertou que o ministro estava atacando Felipe Salto. “Os excelentes estudos e projeções da Instituição Fiscal Independente do Senado contribuem muitíssimo para a transparência na área fiscal. Não surpreende que seja alvo de Guedes. Toda minha solidariedade ao Felipe Salto e técnicos da IFI”, escreveu.

O economista Pedro Fernando Nery também repercutiu as declarações de Guedes. “A IFI presta excelentes serviços à sociedade. Uma equipe pequena, mas altamente competente e com espírito público. Falta sua capacidade de realização em outros lugares da Esplanada. Meus parabéns e agradecimento à IFI, em nome de Felipe Salto, atacado pelo ministro Guedes".

A procuradora Élida Graziani afirmou que a IFI é juridicamente independente, por meio de mandato fixo para seus diretores. “O ministro Paulo Guedes burla tal regime jurídico, ao pressionar ilicitamente pela dispensa do Felipe Salto, que tem feito um trabalho tecnicamente bem fundamentado e socialmente relevante.”

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE