MERCADO

Chegando a 131 mil pontos, Ibovespa sobe e renova patamar histórico

Às 14h desta segunda-feira (7/6), Bolsa apresentava alta de 0,51%, chegando aos 130.786 pontos. Números são consequências do desempenho positivo de ações de bancos

Pedro Ícaro*
postado em 07/06/2021 16:40
 (crédito: Nelson Almeida/AFP)
(crédito: Nelson Almeida/AFP)

O Ibovespa ganhou força durante a tarde desta segunda-feira (7/6), atingindo novos recordes após um período de movimentações e ajustes pela manhã. No início da tarde, a Bolsa apresentava alta de 0,51% aos 130.786 pontos, giro financeiro de R$ 14,2 bilhões com projeção de chegar em R$ 24,358 bilhões. Esse avanço é consequência do desempenho positivo de ações de bancos, enquanto Vale e algumas siderúrgicas estão em baixa devido à queda do preço do minério de ferro da China.

O dólar oscila, porém bem menos comparado a outros momentos, desde o início do dia, principalmente devido a uma melhor expectativa para o cenário doméstico e a previsão de uma manutenção pelos bancos centrais, principalmente o norte-americano, de uma política estimulativa.

O setor de aviação prevê grande crescimento principalmente da Azul PN e Gol PN. A Gol finalizou a reestruturação com a Smiles, ação considerada positiva para o mercado. Já a Azul obteve melhora na recomendação do Bradesco BBI, de neutra para outperform (desempenho acima da média). Além disso, a companhia está buscando um acordo com a Latam e, segundo especialistas do Bradesco BBI, em até 90 dias a Azul pode enviar uma proposta para obter as operações domésticas da Latam. Até a publicação da reportagem, a Azul PN tinha alta de 6,6% e a Gol PN ganhava 4,3%.

Seguindo para outros setores, as ações ordinárias da Petrobras subiram 0,28% e as preferenciais caíram 0,60%; e a Vale cedeu 1,29% de suas ordinárias devido à queda do preço do minério de ferro na China. Entre os bancos, as preferenciais do Itaú e do Bradesco subiram 1,85% e 2,01%, respectivamente.

*Estagiário sob a supervisão de Andreia Castro

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE