Economia

Bolsas da Europa fecham em alta com apoio de bancos, em dia de recuperação

Setor financeiro esteve entre os principais ganhadores do dia e apoiou a alta dos índices, enquanto ações de petroleiras retomaram parte das perdas de ontem (19)

Agência Estado
postado em 20/07/2021 14:31
 (crédito: Pixabay)
(crédito: Pixabay)
As bolsas europeias fecharam em alta nesta terça-feira, 20, se recuperando de fortes quedas no pregão anterior, marcado pela aversão ao risco nos mercados globais. O setor financeiro esteve entre os principais ganhadores do dia e apoiou a alta dos índices, enquanto ações de petroleiras retomaram parte das perdas de ontem. O índice pan-europeu Stoxx 600 fechou em alta de 0,52%, aos 446,61 pontos.
O avanço dos bancos sustentou parte dos ganhos nas bolsas hoje. Na Suíça, a ação do UBS encerrou o dia com variação positiva de 5,32%, segundo melhor desempenho do Stoxx 600, atrás apenas da Alfa Laval (+7,96%), empresa sueca que divulgou balanço do segundo trimestre hoje. Em Paris, a alta de 1,89% do BNP Paribas e de 1,43% do Société Generale ajudou o CAC 40 a fechar a sessão com ganho de 0,81%, aos 6.346,85 pontos, no melhor desempenho diário entre os principais índices europeus.
Em Frankfurt, houve cenário similar, com o avanço de 1,92% do Deutsche Bank entre os maiores do dia no DAX, que fechou em alta de 0,55%, aos 15.216,27 pontos. Da mesma forma, o índice FTSE MIB, de Milão, subiu 0,59%, aos 24.107,33 pontos, apoiado pela alta do Banco BPM (+2,17%).
Já em Londres, a principal ganhadora do dia foi a Royal Dutch Shell, cujo papel de classe A subiu 3,47%, após cair mais de 6% ontem. O movimento da petroleira vem com a recuperação dos contratos do óleo no mercado futuro, após estes recuarem cerca de 7% na última sessão.
A bolsa londrina também viu ações de mineradoras subirem hoje, também seguindo o movimento no mercado futuro. Entre os destaques, a Glencore avançou 2,01%, enquanto o BHP Group teve alta de 1,91%. Ontem, a companhia australiana informou que sua produção de minério de ferro caiu 2% no quarto trimestre fiscal, enquanto a de cobre teve baixa de 3%, ambas na comparação anual. O índice britânico FTSE 100 subiu 0,54% hoje, aos 6.881,13 pontos.
Entre indicadores, foi divulgado o índice de preços ao produtor (PPI, na sigla em inglês) de junho da Alemanha, que subiu 1,3% ante maio e 8,5% no confronto anual. De acordo com o Commerzbank, o resultado foi puxado pelos gargalos na cadeia de produtos intermediários, principalmente do setor de energia.
Seguindo o movimento geral, o Ibex 35, da bolsa madrilenha, avançou 0,68%, aos 8.358,00, enquanto o PSI 20, de Lisboa, teve alta mais modesta, de 0,11%, aos 4.899,71 pontos.
 

CONTINUE LENDO SOBRE