Economia

Caixa vai ser em 2 anos maior banco do agronegócio, diz Guimarães

A afirmação foi feita para uma plateia de motociclistas que participaram de passeio com o presidente da República, Jair Bolsonaro

Agência Estado
postado em 31/07/2021 17:09
 (crédito: Minervino Júnior/CB/D.A Press)
(crédito: Minervino Júnior/CB/D.A Press)
Em rápido discurso durante evento em Presidente Prudente, no interior de São Paulo, o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, afirmou hoje que a instituição será, em um prazo de dois anos, o "maior banco do agronegócio" brasileiro.
A afirmação foi feita para uma plateia de motociclistas que participaram de passeio com o presidente da República, Jair Bolsonaro. Presidente Prudente é uma das cidades de referência do agronegócio no interior de São Paulo.
No Brasil, a instituição financeira com maior fatia no mercado de crédito para o agronegócio é o Banco do Brasil - banco que, assim como a Caixa, é controlado pelo governo federal. Com a chegada de Jair Bolsonaro ao governo, na eleição de 2018, o discurso de sua equipe econômica, comandada pelo Ministro da Economia, Paulo Guedes, era de apoio à ampliação do crédito privado no País, em detrimento do financiamento via bancos públicos.
Bolsonaro e Guimarães participaram neste sábado de passeio de motocicletas em Presidente Prudente, no interior de São Paulo. Nesta tarde, Bolsonaro visita um hospital na cidade e se reúne com prefeitos da região.
 

CONTINUE LENDO SOBRE