AUXÍLIO BRASIL

Bolsonaro anuncia que novo Bolsa Família se chamará "Auxílio Brasil"

Novo programa será "pelo menos 50% maior que o Bolsa Família. Falo 50% porque os outros 50% vou deixar para o Guedes anunciar", avisou presidente

Ingrid Soares
postado em 04/08/2021 17:26 / atualizado em 04/08/2021 18:28
 (crédito:  Miguel Schincariol/AFP)
(crédito: Miguel Schincariol/AFP)

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira (4/8) que o Bolsa Família deverá se chamar "Auxílio Brasil" após sua repaginação. O nome é uma referência à continuidade do programa após o fim do auxílio emergencial previsto para o fim do ano.

"Estamos aprofundando um novo programa, Auxílio Brasil, pelo menos 50% maior que o Bolsa Família. Falo 50% porque os outros 50% vou deixar para o (ministro da Economia, Paulo) Guedes anunciar", apontou durante solenidade de posse do novo ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, ocorrida no Palácio do Planalto.

O valor médio do novo benefício ainda não está definido, mas o presidente estima que fique entre R$ 300 e R$ 400.

Nesta quarta, em entrevista à Rádio 96 FM, do Rio Grande do Norte, Bolsonaro repetiu que poderá dobrar a quantia de R$ 192.

“Eu tenho que ser bastante cauteloso, porque você tem que ter responsabilidade. É igual você pegar um empréstimo, tem que ver realmente se você não vai se tornar refém a vida toda daquela pessoa que você foi pegar empréstimo. Bolsa Família: a média hoje em dia está em R$ 192. Nós vamos levar no mínimo para R$ 300, no mínimo, podendo chegar a R$ 400. Eu tenho buscado a equipe econômica, dentro das responsabilidades, e o ideal seria R$ 400 o novo valor”, concluiu.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE