Dólar

Dólar está volátil de olho em alta no exterior e nos juros

Ainda nesta manhã, os investidores vão acompanhar os últimos números de encomendas de bens duráveis dos EUA.

Agência Estado
postado em 25/08/2021 10:13 / atualizado em 25/08/2021 10:14
 (crédito: Marcello Casal JrAgência Brasil)
(crédito: Marcello Casal JrAgência Brasil)
O dólar no mercado à vista está volátil, entre margens estreitas. Após abrir nesta quarta-feira, 25, com viés de alta, bateu mínima a R$ 5,2548 por volta das 9h10, após tocar máxima a R$ 5,2688. Já o dólar futuro de setembro sustenta avanço leve desde cedo, alinhado à tendência no exterior.
Os agentes de câmbio monitoram a alta dos juros futuros, após avanço de 0,89% do IPCA-15 de agosto, ante 0,72% em julho e o maior para o mês de agosto desde 2002 (1,00%). O IPCA-15 acumula alta de 5,81% no ano e avanço de 9,30% em 12 meses.
O resultado superou a mediana das estimativas de analistas consultados pelo Projeções Broadcast, de 0,84% para agosto. Mas ficou dentro do intervalo das projeções, de 0,65% a 0,92%. Em 12 meses, as projeções para o IPCA-15 iam de 9,04% a 9,33%, com mediana de 9,25%. A última vez que a inflação em 12 meses ultrapassou a barreira de 9% foi em maio de 2016 (9,62%).
Ainda nesta manhã, os investidores vão acompanhar os últimos números de encomendas de bens duráveis dos EUA.
Às 9h21 desta quarta, o dólar à vista rondava a estabilidade, com viés de baixa de 0,07%, a R$ 5,2588. O dólar setembro ganhava 0,10%, a R$ 5,2625. Na renda fixa, a taxa do contrato de depósito interfinanceiro para janeiro de 2022 subia a 6,730%, ante 6,713% do ajuste de ontem. E a do DI para janeiro de 2025 indicava 9,660%, contra 9,590% do ajuste de terça-feira.
 

CONTINUE LENDO SOBRE