Aviação

CVC diz que foi surpreendida por suspensão das operações aéreas da Itapemirim

Em comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a empresa aponta que a tomar conhecimento do tema, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) publicou nota com a orientação para que, nesse momento, os passageiros busquem assistência

Agência Estado
postado em 20/12/2021 11:08
 (crédito: Minervino Júnior/CB/D.A.Press)
(crédito: Minervino Júnior/CB/D.A.Press)

A CVC Brasil Operadora e Agência de Viagens informou nesta segunda-feira, 20, que na noite da última sexta-feira, dia 17, foi surpreendida com a comunicação do Grupo Itapemirim quanto à suspensão temporária de suas operações aéreas, mantidas pela companhia aérea Itapemirim Transportes Aéreos (ITA).

Em comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a empresa aponta que a tomar conhecimento do tema, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) publicou nota com a orientação para que, nesse momento, os passageiros busquem assistência e não compareçam aos aeroportos para embarque antes de contatar a empresa aérea, determinando ainda à ITA que preste imediatamente atendimento integral a todos os passageiros e comunique, individualmente, sobre cancelamento de voos e reacomodações, bem como garanta o reembolso das passagens aéreas comercializadas e demais obrigações.

"Por suas unidades de negócio, a CVC Corp tem buscado atender seus clientes de forma ativa e emergencial desde o início do incidente. Ao longo do final de semana, logrou êxito na disponibilização de voos fretados adicionais e na reacomodação de seus clientes em voos junto a outras companhias aéreas parceiras, bem como disponibilizou canais de atendimento exclusivos para seus clientes", afirma a companhia.

A CVC Corp, acrescenta, que em respeito aos clientes e parceiros, continuará envidando esforços, de forma proativa e célere, para minimizar os impactos e contratempos decorrentes das circunstâncias acima explicitadas.

CONTINUE LENDO SOBRE