PF apura fraude de R$ 200 mi no BB

Correio Braziliense
postado em 07/04/2022 00:01

A Operação Consórcio 200, realizada pela Polícia Federal, ontem, para apurar desvios de R$ 200 milhões no sistema de consórcios do Banco do Brasil teve como alvo o ex-diretor da unidade Paulo Ivan Rabelo, afastado do cargo por suspeita de ilícitos. Outro investigado é o empresário Leonardo Camillo Curioni, sócio do Grupo Sices, de energia solar. A PF chegou a pedir a prisão de ambos, mas a Justiça indeferiu os pedidos. Ao menos 20 policiais federais cumpriram oito mandados de busca e apreensão no Distrito Federal, em São Paulo e
no Paraná.

Tags

CONTINUE LENDO SOBRE