TRIBUTOS

Governo cobra repasse da redução de impostos ao consumidor, diz Guedes

Em evento com supermercadistas, o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que o governo está conversando com representantes da indústria para a redução dos preços

Michelle Portela
postado em 16/05/2022 15:06 / atualizado em 16/05/2022 16:12
 (crédito: Antônio Cruz/Agência Brasil)
(crédito: Antônio Cruz/Agência Brasil)

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que o governo está realizando rodadas de conversas com representantes da indústria para cobrar o repasse da redução dos impostos ao consumidor, nesta segunda-feira (16/5), durante a cerimônia de abertura da 36ª Edição da APAS Show. 

  • Bolsonaro participou da cerimônia de abertura da Apas, em São Paulo, nesta segunda-feira (16/5) Isac Nóbrega/PR
  • Bolsonaro participou da cerimônia de abertura da Apas, em São Paulo, nesta segunda-feira (16/5) Isac Nóbrega/PR
  • Bolsonaro participou da cerimônia de abertura da Apas, em São Paulo, nesta segunda-feira (16/5) Isac Nóbrega/PR
  • Cerimônia de abertura da 36ª Edição da APAS Show. Foto: Isac Nóbrega Isac Nóbrega/PR

 

"Estamos perguntando por que a redução dos impostos não está sendo repassada ao consumidor. Não adianta apenas reduzir (imposto). É preciso que isso chegue ao consumidor", disse Guedes a uma plateia formada por líderes dos principais supermercados no país. 

Nas últimas semanas, o governo está discutindo no Supremo Tribunal Federal (STF) a manutenção do Imposto sobre Produção Industrial (IPI), que havia sido reduzido de 25% para 35%, que depois foi suspenso pelo ministro Alexandre de Moraes, do STF. 

Na quarta-feira (4/5), o presidente Jair Bolsonaro, que também participa da abertura da feira, assinou o Decreto nº 11.063, que regulamenta a lei que prevê a isenção de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para carros PCD, utilizado por pessoas com deficiênca. A partir de agora, já é possível fazer a solicitação junto à Receita Federal.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE