BRASILEIRÃO

Arrascaeta faz a fila andar

Meia uruguaio marca o único gol da vitória do Flamengo sobre o Coritiba. Nos bastidores, diretoria está próxima de contrar Isla

Correio Braziliense
postado em 16/08/2020 00:16
 (foto: Vinicius do Prado/Agência F8/Estadão Conteúdo)
(foto: Vinicius do Prado/Agência F8/Estadão Conteúdo)

Dentro das quatro linhas, o técnico Domènec Torrent conseguiu, ontem, a primeira vitória à frente do Flamengo ao derrotar o Coritiba por 1 x 0, no Couto Pereira. O meia uruguaio Arrascaeta deu um pouco de alívio ao início do trabalho do treinador catalão ao marcar o gol. Fora de campo, o técnico está prestes a ganhar um presente.

O lateral-direito Mauricio Isla, um dos símbolos do bicampeonato do Chile na Copa América, deu sinal verde para a abertura das negociações. Ele é o preferido da comissão técnica rubro-negra para assumir a vaga deixara por Rafinha. Na última sexta-feira, o jogador campeão do Carioca, Brasileirão, Libertadores, Recopa Sul-Americana e Supercopa do Brasil anunciou que aceitou oferta do Olympiacos da Grécia. Ontem, João Lucas foi titular. Dome não inventou. Rodrigo Caio atuou na defesa e o time melhorou em relação à derrota para o Atlético-GO.

Segundo o portal GE, O vice-de futebol Marco Braz e o diretor Bruno Spindel devem embarcar nos próximos dias para Valencia a fim de sacramentar a o negócio. Paralelamente, o time negocia com o Atlético-MG para ter também Guga. A lateral direita era apontada como setor carente de reservas por Jorge Jesus.

Ontem, a torcida do Flamengo finalmente pôde comemorar a primeira vitória da equipe sob o comando do novo técnico Domènec Torrent. Depois de duas derrotas seguidas, o time carioca se recuperou diante de um adversário que pouco incomodou. Muito menos quando ficou com 10 jogadores ao ter Renê Júnior expulso.

De volta ao time titular depois de ter começado no banco de reservas no surpreendente tropeço por 3 x 0 para o Atlético-GO, o meia uruguaio Arrascaeta foi o destaque da partida e o autor do gol que tira o clube rubro-negro temporariamente da lanterna da competição. A equipe da casa, por sua vez, acumulou o quinto revés consecutivo na temporada e assumiu a última colocação na tabela.

Sem improvisos e com uma formação mais próxima àquela que o torcedor rubro-negro estava acostumado a ver antes da chegada de Torrent, o Flamengo se impôs com relativo conforto no primeiro tempo: 65% da posse de bola e dez finalizações, contra três do Coritiba.

Arrascaeta fez um, mas poderia ter marcado mais. Primeiro, ele fez um grande lance individual aos 25 minutos e acertou o travessão, chutando de fora da área, depois de passar por dois marcadores. Logo depois, aos 27, Bruno Henrique tentou cruzar da esquerda para Gabigol e a bola sobrou para o uruguaio. O camisa 14 dominou com tranquilidade, se livrou da marcação e chutou rasteiro na saída do goleiro Wilson para decretar a vitória.

Empate bom para o Timão

O Corinthians somou o seu primeiro ponto no Campeonato Brasileiro graças a um pênalti chutado para fora por Diego Souza. Assim, conseguiu segurar o 0 x 0 com o Grêmio, em Porto Alegre, pela terceira rodada, ontem, numa partida em que foi dominado pelo adversário na maior parte do tempo e ficou marcada pelo excesso de passes errados.

A igualdade por 0 x 0 foi a terceira seguida entre os times no Brasileirão, pois os confrontos em 2019 também terminaram sem gols. E se deu porque mesmo sem ser brilhante, o Grêmio desperdiçou muitas chances. A equipe paulista teve uma saída de jogo lenta e exibiu pouca criatividade para ameaçar o adversário.

Para isso, também pesou nova atuação apagada de Luan. No reencontro com o Grêmio, o jogador outra vez ficou devendo.

 


3ª rodada

Ontem
Grêmio 0 x 0 Corinthians
Coritiba 0 x 1 Flamengo
Palmeiras x Goiás*

Hoje
11h Atlético-MG x Ceará
16h Vasco x São Paulo
Bahia x RB Bragantino
18h Fluminense x Inter
19h Atlético-GO x Sport
19h30 Fortaleza x Botafogo
19h45 Santos x Atlético-PR

* Não encerrado até o fechamento desta edição

Camaleão, Atlético tenta manter 100%

 (foto: Douglas Magno/AFP - 9/3/20)
crédito: Douglas Magno/AFP - 9/3/20

Belo Horizonte — As duas vitórias seguidas sobre equipes tradicionais do futebol nacional — Flamengo e Corinthians — dão a dimensão de que o Atlético tentará não ser outra vez mero figurante no Brasileirão. A missão dos comandados de Jorge Sampaoli é mostrar regularidade do início ao fim, sem perder fôlego na disputa e buscando se manter entre os líderes. Embalado pelo início positivo, mas ciente de que ainda será preciso muito esforço em conjunto para se manter entre os primeiros que o Galo encara o Ceará hoje, às 11h, no Mineirão.

Desde que chegou ao Galo, Sampaoli usou 19 atletas no time titular — ao todo, 24 entraram nas partidas. Segundo ele, o objetivo de tantas trocas é dar maior intensidade à equipe nos 90 minutos:

“Estamos em um processo de evolução. O time está buscando seus objetivos, pensando muito à frente. Temos uma equipe muito jovem. Nesta realidade, em que temos que ser extremamente ativos no ataque, necessitamos de muita rotação de jogadores, porque não dá para manter esse ritmo com os mesmos 10 (titulares)”.

É certo que o Atlético terá pelo menos uma mudança contra o Ceará. Nathan sofreu lesão na coxa esquerda e ficará algum tempo inativo. Há a opção de escalar Hyoran, que marcou duas vezes contra o Corinthians, Allan (usando três volantes) ou mesmo uma linha mais veloz, com Savarino, Marquinhos e Keno. De qualquer forma, a formação contra o Vovô será usada pela primeira vez desde que o argentino chegou ao clube.



Série A

    PG    J    V    SG
1. Athletico-PR    6    2    2    3
2. Inter     6    2    2    3
3. Atlético    6    2    2    2
4. Grêmio    5    3    1    1
5. Atlético-GO    3    1    1    3
6. Vasco    3    1    1    2
7. Bahia    3    1    1    1
8. São Paulo    3    1    1    1
9. Sport    3    2    1    -1
10. Flamengo    3    3    1    -3
11. Bragantino    2    2    0    0
12. Botafogo    1    1    0    0
13. Palmeiras    1    1    0    0
14. Ceará    1    2    0    -1
15. Corinthians    1    2    0    -1
16. Fluminense    1    2    0    -1
17. Santos    1    2    0    -2
18. Goiás    0    1    0    -1
19. Coritiba    0    3    0    -3
20. Fortaleza    0    2    0    -3

São Paulo na rota do Vasco

Depois de estrearem com vitória no Brasileirão no meio de semana, Vasco e São Paulo duelam hoje, às 16h, em São Januário.

Satisfeito com o que viu no triunfo por 2 x 0 diante do Sport, o técnico Ramón Menezes deve repetir a escalação. Se fizer mudanças, serão pontuais, como a entrada de Guilherme Parede. O nome da partida foi Fellipe Bastos. O volante anotou os dois gols, um deles de falta, sua especialidade. O volante ganhou moral.

No São Paulo, a tendência é de que Lizeiro continue entre os titulares na vaga de Pato. Fica a dúvida para a escalação de Vitor Bueno, desfalque contra o Fortaleza por conta de desconforto no adutor esquerdo. Ele foi barrado no aquecimento, minutos antes da partida. Depois de exames, foi constatado um edema, e não lesão, o que o deixa como possibilidade para estar em campo. Se o meia continuar fora, o jovem Paulinho Boia deve seguir na equipe.Ausente do primeiro confronto em razão de uma lombalgia, Hernanes também é dúvida. O meia participou de apenas uma parte do treino na sexta. Ele vem sendo pouco aproveitado neste ano. Tréllez está recuperado e deve voltar a integrar a lista de relacionados. Anderson Martins rescindiu contrato e não joga mais pelo clube.

Rodada

Fluminense x Internacional

Um tricolor que ainda não venceu contra o colorado embalado por dois triunfos. Esse é o panorama do duelo de hoje, às 18h, no Maracanã. O técnico Odair Hellmann não poderá contar com Fred. O centroavante está lesionado. Do outro lado, o Internacional aposta na boa fase de Paolo Guerrero. O peruano balançou as redes nas vitórias contra o Fortaleza e no triunfo diante do Santos.

 

Atlético-GO x Sport

Algoz do atual campeão Flamengo na última quarta-feira, o Atlético-GO volta a jogar em casa, hoje, contra o Sport, que vem de derrota para o Vasco. A expectativa é de que o técnico Vágner Mancini possa contar com o meia Matheuzinho e o atacante Júnior Brandão, que desfalcaram o Atlético-GO contra o Flamengo após testarem positivo para o novo coronavírus.

 

Fortaleza x Botafogo

Sem compactação e com pouca criatividade e agressividade, o Botafogo tenta evoluir, hoje, às 19h30, no Castelão, contra o Fortaleza. O adversário vem de duas derrotas consecutivas. Recuperado da covid-19, o meia Cícero treinou ao longo da semana e está à disposição de Autuori. O atacante Pedro Raul, que também contraiu o vírus e se recuperou, ainda não está vetado.

 

Santos x Ponte Preta

Ainda sem vencer desde a retomada das competições no futebol nacional, o Santos tenta encontrar um rumo às 19h45, contra o Athletico-PR. Até por isso, o Santos voltará à formação tradicional, no
4-3-3 com Kaio Jorge retomando a titularidade. Com 100% de aproveitamento, o Furacão não poderá contar, hoje, com o técnico Dorival Júnior. Assintomático, ele está com sintomas da covid-19.

 

Bahia x Bragantino

Para afastar de vez a crise e garantir maior tranquilidade ao técnico Roger Machado, o Bahia busca a segunda vitória em dois jogos hoje, contra o Red Bull Bragantino, às 16h, no estádio de Pituaçu. Artilheiro tricolor na temporada, com sete gols, o atacante Gilberto está recuperado de contusão no joelho e volta a ficar à disposição depois de quase um mês afastado dos gramados.

 

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação