BRASILEIRÃO

Noite de perseguição ao "Galo Doido"

Preparamos um guia sobre as sete partidas que abrem, hoje, a quarta rodada. Atlético-MG, de Sampaoli, defende a liderança

Correio Braziliense
postado em 19/08/2020 00:03
 (foto: Mauro Pimentel/AFP)
(foto: Mauro Pimentel/AFP)

A quarta rodada do Campeonato Brasileiro começa hoje com pelo menos dois duelos imperdíveis. Entalado com o Flamengo depois da goleada sofrida por 5 x 0 nas semifinais da Libertadores, o Grêmio quer ir à forra, hoje, no Maracanã. A primeira oportunidade de revanche foi desperdiçada, em novembro do ano passado, na derrota por 1 x 0, em Porto Alegre, na reta final da Série A. O time rubro-negro venceu com um jogador a menos. Autor do gol da vitória, Gabigol foi expulso. Renato Gaúcho não terá mais pela frente o desafeto Jorge Jesus. O adversário, agora, é o catalão Domènec Torrent. O desafio tricolor é achar o sucessor de Everton Cebolinha: Pepê ou Jean Pierre?

Outra partida imperdível é a do líder isolado Atlético-MG. Jorge Sampaoli deu três provas de que está pilhado para tirar o Galo da fila de quase meio século. O único título do time mineiro faz 49 anos, em 1971. A autoridade do time só cresce depois dos triunfos sobre o atual campeão, Flamengo; da virada por 3 x 2 diante do Corinthians, quando perdia por 2 x 0; e da vitória sobre o Ceará, mesmo jogando mal. O desafio de hoje à noite é contra o Botafogo, um adversário ansioso pela primeira vitória no Brasileirão.

A seguir, o Correio, dá uma pincelada sobre os sete jogos que abrem a quarta rodada. Os outros três serão disputados amanhã à noite, quando Sport, São Paulo e Ceará receberão, respectivamente, Santos, Bahia e Vasco.

1 Flamengo x Grêmio
19h15 – Maracanã (Rio)
A largada conturbada do técnico Doménec Torrent tem mais um teste de fogo. O Flamengo tem três pontos em três jogos. Novo tropeço diante de um concorrente ao título pode causar nova turbulência no trabalho do técnico catalão. O Grêmio tenta se encontrar depois da venda de Everton Cebolinha para o Benfica. A estratégia de Renato Gaúcho é forçar o jogo em cima dos laterais rubro-negros, principalmente do jovem João Lucas, substituto de Rafinha.

2 Bragantino x Fluminense
19h15 – Nabi Abi Chedid (Bragança)
O Fluminense aposta mais uma vez no veterano Nenê, 39 anos, para conseguir a segunda vitória neste Brasileirão. O meia-atacante é o artilheiro do time no ano com 11 gols. O comprometimento deveria motivar estrelas como Fred e Ganso, só que não. Nenê mais uma vez será o maestro da molecada contra um adversário apontado como perigoso antes do início da Série A. No entanto, o time bancado pela Red Bull acumula dois empates e uma derrota.


3 Athletico-PR x Palmeiras
19h30 – Arena da Baixada (Curitiba)
O Furacão começou com duas vitórias consecutivas, mas sentiu a ausência do técnico Dorival Júnior à beira do campo no último domingo, na derrota por
3 x 1 para o Santos. O treinador testou positivo para covid-19. O Palmeiras tentará, mais uma vez, acabar com a sina de ainda não ter vencido adversários da Série A nesta temporada no Campeonato Paulista e no Brasileirão. Novo tropeço pode abalar o prestígio do técnico Vanderlei Luxemburgo.

4 Inter x Atlético-GO
20h30 – Beira-Rio (Porto Alegre)
A pergunta que não quer calar entre os colorados é: como será a vida sem Paolo Guerrero até o fim do Brasileirão? Artilheiro da Série A com três gols, o peruano não voltará a campo nesta temporada, que terminará em fevereiro. O camisa 9 sofreu lesão no ligamento do joelho direito e será submetido a cirurgia. Boschilla é desfalque para o técnico Eduardo Coudet. Depois de vencer o Flamengo e empatar com o Sport, em casa, o Atlético estreia fora.


5 Goiás x Fortaleza
20h30 – Serrinha (Goiânia)
Ao que parece, a paciência do técnico Rogério Ceni está chegando ao limite no Fortaleza. Depois da eliminação nas semifinais da Copa do Nordeste, o treinador ainda não venceu neste Brasileirão. Tem um ponto em nove disputados. O discurso já é de briga contra o rebaixamento. Anfitrião, o Goiás está animado com a conqusita do empate no último sábado diante do Palmeiras, no Allianz Parque, com um time desfalcado pela pandemia do novo coronavírus.

6 Botafogo x Atlético-MG
21h30 – Nilton Santos (Rio)
À espera da regularização do marfinense Salomon Kalou no BID e da recuperação da forma física do jogador, o Botafogo é o candidato do dia a parar o líder isolado Atlético-MG. A novidade na escalação dever ser Pedro Raul. No Galo, que anunciou a contratação de Eduardo Sasha, a expectativa é pela escalação e o desenho tático adotado pelo “camaleão” Jorge Sampaoli. O técnico argentino muda a cara do time de acordo com o adversário.

7 Corinthians x Coritiba
21h30 – Arena Corinthians (SP)
Em meio a um entra-e-sai de jogadores, o Corinthians liberou, ontem, o lateral-esquerdo Carlos Augusto para fechar com o Monza, da Itália, e recebeu o meia Otero. Fora dos planos de Jorge Sampaoli no Atlético-MG, o venezuelano foi cedido ao time paulista. A partida de hoje é a oportundade perfeita para a primeira vitória do Timão. Em crise, o Coritiba é o lanterna da competição. Não pontuou e acumula três derrotas.


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação