BRASILEIRÃO

Uma noite gloriosa

Botafogo suporta pressão do Atlético-MG, é eficiente no ataque, vence pela primeira vez nesta Série A e tira o Galo da liderança isolada. Corinthians atua mal, mas bate o lanterninha Coritiba, em Itaquera

Correio Braziliense
postado em 20/08/2020 00:29
 (foto: Vitor Silva/Botafogo)
(foto: Vitor Silva/Botafogo)




O Botafogo sofreu com a força ofensiva do Atlético-MG, mas foi muito mais eficiente para conquistar a sua primeira vitória no Campeonato Brasileiro. Ontem, no Estádio Nilton Santos, o Glorioso fez um gol em cada tempo e triunfou por 2 x 1 no duelo válido pela quarta rodada. Luiz Fernando e Caio Alexandre marcaram para o time carioca e Igor Rabello descontou para o Galo.

Assim como nos jogos anteriores, o Atlético-MG foi intenso, mas, dessa vez, tomou decisões erradas no ataque e viu o Botafogo aproveitar os seus erros para impor a primeira derrota de Jorge Sampaoli à frente do time — eram sete vitórias e um empate.

O Botafogo, por sua vez, foi escalado com três mudanças — Paulo Autuori sacou Honda, Caio Alexandre e Bruno Nazário para as entradas de Luiz Otávio, Guilherme e Pedro Raul. Apostou nos contra-ataques mesmo jogando em casa e conquistou o triunfo.

Sem ter atuado na jornada inicial, o Botafogo chegou aos cinco pontos em três duelos, na sétima posição. Já o Atlético-MG parou nos nove pontos, deixou de ter 100% de aproveitamento e viu a liderança do Brasileirão ser assumida pelo Internacional em função do saldo de gols melhor —
5 x 3 —, caindo para segundo.

Corinthians
Em São Paulo, o Corinthians conseguiu a primeira vitória no Campeonato Brasileiro, ao derrotar o lanterna Coritiba, por 3 x 1, ontem, em Itaquera. Mas, a produção do time ficou bem longe de entusiasmar a torcida. O melhor do time corintiano só foi apresentado nos últimos 45 minutos, diante de um rival que perdeu as quatro partidas disputadas no Brasileirão e jogou com 10 atletas desde os primeiros 15 minutos. Léo Natel, Jô e Gustavo Mosquito fizeram os gols.

Vitor Silva/Botafogo
A primeira vitória do Botafogo no Campeonato Brasileiro foi justamente sobre o líder, de forma convincente

Fla joga mal e acha o empate

 (foto: Lucas Uebel)
crédito: Lucas Uebel

Dois dos favoritos ao título do Campeonato Brasileiro, Flamengo e Grêmio empataram por 1 x 1, ontem, e seguem sem embalar na competição. O time gaúcho saiu na frente com Pepê, mas Gabriel Barbosa, de pênalti, igualou o placar. A marcação surgiu após o lance ser revisado pela arbitragem de vídeo.
Com o resultado, o Flamengo chega a quatro pontos e segue com apenas um vitória em quatro jogos, ainda distante das primeiras posições. O Grêmio, com dois pontos a mais, também venceu apenas uma partida, mas continua invicto no Brasileirão, já que empatou três vezes.

Autor do gol rubro-negro, Gabigol saiu em defesa do técnico Domènec Torrent depois da partida. “Temos que ter calma, fizemos um ano passado maravilhoso e vai ser difícil repetir. Temos que entender que é um novo trabalho e ter paciência. A gente vem treinando muito, temos que manter os pés no chão”, afirmou.

Na Espanha, a diretoria oficializou a contratação do lateral-direito chileno Mauricio Isla, de 32 anos, para o lugar de Rafinha, que acertou com o Olympiacos da Grécia. A chegada ao Rio está prevista para sábado. “Nação, estou muito contente por chegar ao Mengão”, disse o jogador, em vídeo divulgado pelo clube nas redes sociais.

No Grêmio, o técnico Renato Gaúcho saiu com duas preocupações. O centroavante Diego Souza e o volante Maicon deixaram a partida lesionados. Houve muita reclamação devido ao pênalti a favor do Flamengo.


Palmeiras desencanta nos acréscimos e vence a primeira

O Palmeiras, enfim, chegou à primeira vitória. Mesmo apresentando novamente um futebol pobre tecnicamente e de pouco repertório ofensivo, o time alviverde conseguiu um gol no fim da partida com Raphael Veiga e derrotou o Athletico-PR por 1 x 0, ontem, na Arena da Baixada.

O Athletico-PR perdeu o segundo jogo seguido no campeonato e soma seis pontos. O Palmeiras, que tem uma partida a menos, está invicto e aparece na tabela de classificação com cinco pontos.

O gol anotado nos acréscimos do segundo tempo por Raphael Veiga, que defendeu o time paranaense em 2018, garantiu à equipe do técnico Vanderlei Luxemburgo a primeira vitória contra rivais da elite futebol nacional neste ano, derrubando um incômodo jejum que já durava oito partidas e mais oito meses desde a última vitória diante de um adversário que atua no principal escalão do futebol nacional.

Autor do gol da vitória, Raphael Veiga chorou na comemoração. “Acredito que esse gol foi para coroar o trabalho que a gente vem fazendo. Particularmente, estou muito feliz pelo gol, mas, também, pela primeira vitória no Brasileirão”, disse o jogador ao Esporte Interativo, ao minimizar o futebol não muito vistoso da equipe.

Flu não resiste ao Bragantino
Bragantino venceu a primeira na volta à elite. Ontem, o time paulista passou pelo Fluminense, por 2 x 1, no Estádio Nabi Abi Chedid, pela quarta rodada. A primeira vitória faz a equipe se distanciar da perigosa zona de rebaixamento, com cinco pontos, um a mais do que o Fluminense, que está na zona intermediária da tabela de classificação.

Inter vence fácil
Na primeira exibição sem Paolo Guerrero, que lesionou-se e não entrará mais em campo nesta temporada, o Inter goleou o Atlético-GO ontem, no Beira-Rio, por 3 x 0. Dois gols de Thiago Galhardo e um de Musto garantiram o triunfo colorado. O clube vive a expectativa pela volta de Alexandre Pato. O atacante rescindiu contrato, ontem, com o São Paulo.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação