Brasileirão feminino

Virada afasta Minas das últimas posições

Maíra Nunes
postado em 23/09/2020 23:50
 (crédito: Patricy Albuquerque/Minas Brasília)
(crédito: Patricy Albuquerque/Minas Brasília)

Antes do jogo contra o São José, no Bezerrão, no Gama, o discurso do Minas Brasília era de que apenas a vitória lhe interessava. Mas, as bolas do time precisavam começar a entrar no gol, como havia destacado o técnico Rodrigo Campos: “Em situação de pressão, por estar na zona de rebaixamento, o gol fica menor”. A equipe desencantou em uma partida movimentada, com direito a expulsão, pênalti, cinco gols e uma dose de drama.

Após começar atrás no placar nos primeiros 10 minutos, o representante do DF precisou balançar a rede três vezes para virar o jogo, que acabou 3 x 2, e sair da zona da degola do Brasileiro Feminino, ao menos, provisoriamente. Chegou aos 11 pontos após o duelo pela 10ª rodada. Os gols das Minas foram marcados por Robinha, Katrine e Kaká. Sisi e Ariel foram as responsáveis por alterar o placar e esquentar o confronto.

O São José começou melhor no jogo, imprimindo forte presença no campo ofensivo. Antes dos 10 minutos, conseguiu uma boa subida pela lateral esquerda com Mylena, uma das jogadoras mais perigosas da equipe. Após uma falha da zaga candanga, a camisa 16 encontrou a atacante Sisi livre dentro da área. Ela apenas empurrou para o gol. O balde de água fria fez o Minas Brasília acordar.

Aos 16, Robinha recebeu a bola próximo à grande área e bateu colocado no canto esquerdo da goleira do São José. A bola entrou no fundo das redes de Zany: 1 x 1. Aos 41, a disputa estava equilibrada, quando a goleira Thaís antecipou mal um lançamento forte do São José que não parecia promissor. Mas a bola quicou, encobrindo a arqueira do time candango, e sobrou livre para Ariel voltar a colocar o São José à frente.

No segundo tempo, o Minas Brasília precisou de apenas cinco minutos para aparecer com muito perigo. Em jogada de escanteio, a bola passou por todo mundo e sobrou do outro lado do gol com a Andiara, que tocou de primeira para dentro da área e Jéssica chutou para o gol. A bola bateu no braço de Bruna Amaranto. O árbitro Christiano Gayo Nascimento marcou pênalti e expulsou a zagueira do São José.

O Minas Brasília não pisou no freio após chegar ao empate. As atacantes do Minas aumentaram o volume de jogadas ofensivas, mas foi dos pés da zagueira Kaká que saiu o gol da virada. Após a zaga da equipe paulista afastar de cabeça lançamento que veio do meio campo, a bola sobrou para Kaká, livre, decretar a virada: 3 x 2.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação