LIBERTADORES

Grêmio atualiza a carteira do freguês

Correio Braziliense
postado em 24/09/2020 00:59

Em um jogo muito truncado e de pouca técnica, o Grêmio derrotou o Internacional por 1 x 0, no Beira-Rio, nesta quarta-feira, e manteve a soberania em Gre-Nais ao chegar a 10 jogos sem perder para o maior rival. Além disso, com a vitória, conquistada com gol de Pepê, a equipe do técnico Renato Gaúcho ganhou fôlego na Libertadores e deixou embolado o Grupo E.

Com o resultado positivo no Gre-Nal 427 da história, o Grêmio ampliou seu retrospecto positivo diante do Inter. Está invicto há dez partidas, já há mais de dois anos. Em 2020, foram quatro triunfos e um empate. O time colorado não marcou um gol sequer em todos os clássicos neste ano e segue a sua sina de não conseguir derrotar o arquirrival desde setembro de 2018.

De quebra, a equipe de Renato Gaúcho se redimiu do revés para a Universidad Católica no Chile, na semana passada, e melhorou sua posição no Grupo E. Permanece no segundo lugar, mas, agora, colou no Inter. Os dois somam sete pontos, mas a equipe colorada lidera a chave por ter saldo de gols superior (3 contra 1).

O jogo foi ruim na primeira etapa. O Grêmio foi superior, mas não o suficiente para impor um domínio e abrir o placar. O que o time do técnico Renato Gaúcho fez nos 45 minutos iniciais foi apertar a saída de bola do rival, forçando os zagueiros adversários a darem chutões para frente, e trocar passes à espera de uma brecha do Inter, que tinha muita dificuldade no começo da construção das jogadas, mas se defendeu bem e permitiu poucos ataques do arquirrival.

A melhor chance saiu dos pés de Alisson. Ele recebeu de Pepê, que ganhou de Saravia no lado esquerdo do ataque, e finalizou para fora, por cima. Orejuela também tentou em arremate de fora da área, mas mandou para longe da meta. O Inter não criou chances perigosas. O lance mais incisivo foi uma tabela entre Abel Hernández e Thiago Galhardo, que pediu pênalti após choque com Rodrigues, mas o árbitro Patricio Loustau nada marcou.

Inofensivo no primeiro tempo, o Inter voltou melhor para a segunda etapa, com Boschilia aberto pela direita, e Marcos Guilherme no lado oposto. Aos nove minutos, obrigou, enfim, Vanderlei a trabalhar em cabeceio firme de Thiago Galhardo após passe de Marcos Guilherme. O goleiro gremista fez uma bela defesa e manteve o placar zerado.

Depois de insistir mais do que o arquirrival, o time tricolor inaugurou o marcador aos 28 minutos. Um dos melhores da partida, Pepê recebeu de Darlan, levou para a perna direita e finalizou com categoria, no canto esquerdo de Marcelo Lomba para marcar um belo gol.

10

Número de jogos consecutivos do Grêmio sem derrotas para o Internacional


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação