FUTEBOL FEMININO

Com vaga na elite, Minas Brasília despede-se do Brasileiro com derrota

Time do DF perdeu para o Internacional na última rodada da primeira fase do Brasileiro feminino; veja os confrontos das quartas de final do Nacional

Maíra Nunes
postado em 15/10/2020 00:18 / atualizado em 15/10/2020 00:34
 (crédito: Patricy Albuquerque)
(crédito: Patricy Albuquerque)

Com a permanência na elite garantida com uma rodada de antecedência, o Minas Brasília despediu-se do Campeonato Brasileiro Feminino A1 de 2020 com derrota para o Internacional, nesta quarta-feira (14/10). No Estádio Bezerrão, no Gama, as donas da casa entraram em campo displicentes e tomaram um gol logo no começo do jogo. O time brasiliense até equilibrou o duelo, mas não conseguiu balançar as redes, diferentemente das coloradas Jheniffer e Byanca Brasil. Elas marcaram duas vezes, cada uma, na vitória por 4 x 1. A equipe candanga descontou com Robinha. O resultado cravou a classificação do Inter na terceira colocação para as quartas de final, em que enfrentará o Kindermann. 

Na mesma noite, o líder Corinthians manteve a soberania ao vencer o vice-líder Santos, por 1 x 0, no clássico que tem grandes chances de se repetir na decisão do torneio. O Flamengo, que disputava uma vaga entre os oito primeiros, até venceu o Kindermann, por 2 x 1, mas o resultado não foi suficiente para passar o Grêmio. O empate sem gols do time gaúcho com o São Paulo garantiu os dois clubes na próxima fase. Também avançaram Ferroviária e Palmeiras. Na parte debaixo da tabela, a última rodada já começou com os clubes rebaixados para a Série A2 definidos. São eles: Iranduba, Audax, Vitória e Ponte Preta.

No Distrito Federal, o Internacional abriu o placar logo aos 6 minutos de jogo. Em uma bobeira da defesa, a zagueira Jéssica não conseguiu afastar a bola em um bate rebate dentro da área. Sobrou para Jheniffer, bem posicionada, bater cruzado no contrapé da goleira Thalya. Apesar do revés, as donas da casa partiram para o ataque em busca do empate e conseguiram ficar mais com a bola no pé, que teve as principais jogadas ofensivas comandadas pela peruana Steff. Foi do pé dela que o Minas Brasília acertou o travessão aos 15 minutos, após uma chegada rápida, com boa troca de passes próximo ao gol.

As Gurias Coloradas respondiam com perigo, em jogadas construídas com velocidade. No último lance do primeiro tempo, o Minas Brasília saiu jogando errado e Jheniffer voltou a mostrar oportunismo. A atacante colorada interceptou o passe adversário e bateu de longe, encobrindo a goleira Thalya, que estava adiantada. Sem público por causa do protocolo para evitar o contágio de covid-19, o silêncio das arquibancadas era quebrado pelas próprias jogadoras dentro de campo ou por orientações do banco de reservas.

Os dois times voltaram com mexidas nos elencos, mas o enredo se repetiu no segundo tempo. Aos 9 minutos, o Inter ampliou o placar, desta vez, com Byanca Brasil. Mas a jogada teve participação da Jheniffer. Em um duelo movimentado, a centroavante Hulk, que entrou no lugar de Steff no intervalo, também acertou a trave após ficar sozinha de frente para a goleira Yasmim. A jogada ainda teve mais duas finalizações ao gol, mas nenhuma entrou. Em uma delas, a zaga tirou em cima da linha.

Aos 23 minutos, a Byanca Brasil teve a oportunidade de marcar mais, um de pênalti, mas Thalya defendeu a cobrança no lado esquerdo da goleira. Aos 46, a atacante compensou ao marcar em um contra-ataque, com chute cruzado sem chances para a goleira. No lance seguinte, a Hulk sofreu o pênalti após driblar a defensora. Aos 48, Robinha fez o gol de honra das Minas de Brasília na derrota por 4 x 1.


FICHA

Internacional - 4

Yasmim; Leidi, Bruna Benites, Sorriso (Isa) e Belinha; Julia (Gabi Luizelli), Rafa Travalão (Naná) e Juliana (Malu); Byanca Brasil, Jheniffer e Shashá (Laíssa).
Técnico: Maurício Moraes Salgado.


Minas Brasília - 1

Thalya; Natalia (Juliana); Lia, Jéssica (Gabi Luccesi) e Laíne; Robinha, Bárbara (Ana Keyla), Katrine e Gabi Arcanjo; Steff (Hulk) e Pelé.
Técnico: Rodrigo Campos.

Gols: Jheniffer (2), Byanca Brasil (2) e Robinha.

 

Resultados da 15ª rodada


Vitória (BA) 1 x 3 Ponte Preta

Corinthians 1 x 0 Santos

Flamengo 2 x 1 Kindermann

Audax 0 x 6 Cruzeiro

Iranduba 2 x 2 Palmeiras

Minas Brasília 1 x 4 Internacional

São José 1 x 0 Ferroviária

São Paulo 0 x 0 Grêmio

 

Veja os confrontos das quartas de final do Brasileirão feminino 2020

Corinthians (1º) x Grêmio (8º)

Santos (2º) x São Paulo (7º)

Internacional (3º) x Kindermann (6º)

Ferroviária (4º) x Palmeiras (5º)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação