BRASILEIRÃO

Cortou as asinhas

Red Bull Bragantino sai na frente, cede empate ao Flamengo e impede o atual campeão nacional de assumir a liderança. Lincoln salva time rubro-negro da derrota em meio à escalação confusa de Domènec Torrent

Correio Braziliense
postado em 16/10/2020 00:51

Longe de exibir sua melhor apresentação, o Flamengo sofreu para buscar o empate com o Red Bull Bragantino, por 1 x 1, ontem, e desperdiçou preciosa oportunidade de alcançar a liderança da tabela do Brasileirão. O duelo foi disputado no Maracanã, pela 16ª rodada.

Se tivesse vencido, o time carioca chegaria aos 33 pontos e desbancaria o Atlético-MG da primeira colocação. Como empatou, alcançou os mesmos 31 do adversário e também do Internacional. O Flamengo leva desvantagem para os rivais no número de vitórias e também no saldo de gols.

O Bragantino soma 13 pontos e segue na zona do rebaixamento, na 19ª posição, acima, apenas, do Goiás, que tem quatro pontos a menos. O primeiro time fora da zona da degola é o Coritiba, com 16.

No Maracanã, o primeiro tempo não teve muitos lances de perigo, com o Flamengo com dificuldades para chegar ao ataque e o Bragantino mais perigoso nos contragolpes. As principais jogadas do time da casa aconteciam em chutes de fora da área com os meias Diego e Everton Ribeiro. Já o Bragantino aproveitava erros na saída de bola adversária para fazer o goleiro Hugo Souza trabalhar.

No intervalo, o técnico Domènec Torrent surpreendeu ao sacar o atacante Pedro, poupado, para a entrada de Vitinho. O artilheiro do time, com oito gols, era cotado até para não começar jogando por estar vindo de uma sequência grande de atuações. O Fla vai completar uma série de nove jogos em 28 jogos neste mês e a comissão técnica tenta reduzir o desgaste.

Logo no início da segunda etapa, o jogo mudou. No primeiro minuto, aos 14 segundos, o Bragantino abriu o placar com um golaço. Após bonita troca de passes, Claudinho dominou levantando a bola e encheu o pé para estufar as redes no alto.

Após o gol, o Flamengo cresceu de rendimento e passou a pressionar em busca do empate. Aos 24 minutos, Isla cruzou, o goleiro Cleiton rebateu e Lincoln, de cabeça, completou para o gol. Até o final, o time da casa seguiu atacando, mas não conseguiu a virada. A nota triste foi a saída de Everton Ribeiro, que lesionou o joelho.

Os dois times voltam a campo no próximo domingo pela 17ª rodada. O Red Bull Bragantino recebe o Sport no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, enquanto o Flamengo enfrenta o Corinthians na Neo Química Arena, em São Paulo.

“Faltou concluir as chances em gol, mas a equipe vem superando as dificuldades. Tomamos o gol cedo, mas fomos com tudo. Reagimos, mas tem de colocar a bola na rede. Não alcançamos o objetivo (da liderança), mas vamos seguir”

Diego, meia do Flamengo

 

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação