copa verde

Brasiliense e Remo iniciam decisão

Correio Braziliense
postado em 20/02/2021 22:15
 (crédito: Tiago Vieira/Divulgação)
(crédito: Tiago Vieira/Divulgação)

De volta a uma decisão fora do contexto local após 19 anos — a útima ocorreu em 2002, quando perdeu a Copa do Brasil para o Corinthians —, o Brasiliense inicia, hoje, diante do Remo, a busca pelo título inédito da Copa Verde. O time candango recebe os paraense para disputar os primeiros 90 minutos da final da competição regional, às 15h30, no Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília. Para iniciar a disputa com o pé direito, o Jacaré definiu como meta evitar os erros cometidos na semifinal contra o Vila Nova.

Na classificação para a final, o time amarelo passou sufoco em casa após vencer o jogo de ida por 2 x 0 e sair na frente na partida de volta no Serejão. O time goiano buscou a diferença e forçou as penalidades. Na definição, brilhou a estrela de Edmar Sucuri. O arqueiro escolheu o canto certo e pegou a cobrança do meia João Paulo. Na visão do goleiro, porém, o desempenho serve de alerta para a postura amarela diante do Remo. “Depois que fizemos 1 x 0 deu uma acomodada. É uma coisa que serve de experiência para essa final. Algo que não pode acontecer. Tem de manter sempre o foco”, ressalta.

Passado o susto, o Brasiliense, agora, vislumbra conquistar pela primeira vez a Copa Verde. Em 2014, o Jacaré chegou perto, mas acabou sendo eliminado nas semifinais para o Brasília, que se sagrou campeão também diante de um time do Pará, o Paysandu. “É uma final inédita que o clube deseja há muito tempo. Tivemos que focar bastante no pouco tempo que teremos para trabalhar. Se Deus quiser, voltaremos de Belém com esse troféu inédito”.

Após o jogo na capital federal, Brasiliense e Remo definirão o campeão da Copa Verde na próxima quarta-feira, às 16h, no estádio Mangueirão. Assim como nas demais fases da competição regional, não há vantagem para nenhum dos lados. Em caso de igualdade ao fim dos 180 minutos, o dono da taça será definido nos pênaltis.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE