Olimpíada

Skatistas Rayssa Leal e Letícia Bufoni treinam sob olhar de Tony Hawk

As atletas do Brasil estreiam em Tóquio-2020 no domingo (25). Na reta final de preparação das favoritas do torneio, o maior nome da modalidade assistiu as meninas

Júlia Mano*
postado em 23/07/2021 11:42 / atualizado em 24/07/2021 12:49
 (crédito: Reprodução/ Twitter)
(crédito: Reprodução/ Twitter)

No treino desta sexta-feira (23), Rayssa Leal e Letícia Bufoni tiveram a presença da maior lenda do Skate, Tony Hawk. O estadunidense está na equipe de correspondentes das Olimpíadas de Tóquio-2020 pela emissora NBC e aproveitou para prestigiar as brasileiras.

As atletas competem na categoria Street na estreia do Skate em Olimpíadas junto com Pâmela Rosa, promessa do Brasil para conquistar o ouro. Rayssa Leal é um dos destaques por ser a caçula da delegação brasileira.

Com, apenas, 13 anos, a Fadinha conquistou a vaga para ir à terra do sol nascente em Roma, ao ganhar o bronze no Mundial de Skate Street de 2021, em junho. A maranhense está na disputa para trazer medalha na mala.

Letícia também é uma das favoritas que vai brigar pelo primeiro lugar da categoria. A brasileira participa do X Games desde 2010 e ganhou o ouro do torneio seis vezes, a última foi neste ano, na edição de Los Angeles, onde ganhou o passe para disputar as Olimpíadas.

Ao todo, a paulista subiu 12 vezes no pódio de um dos maiores eventos dos esportes radicais. A espinhadinha de Tony Hawk no treino das meninas só vai confirmando a força delas para fazer história em Tóquio.

Letícia Bufoni repostou em seus stories a gravação de Tony Hawk
Letícia Bufoni repostou em seus stories a gravação de Tony Hawk (foto: Reprodução/ Instagram)

Programação do Skate

O palco das disputas será o Ariake Urban Sports Park. No Street, 20 atletas brigam pela classificação para a fase final, em que farão duas voltas na pista. Os oito com as melhores quatro notas atribuídas irão para a final.

Classificatória Street Masculino: 24/7 - 21h
Classificatória Street Feminino: 25/7 - 21h
Final Street Masculino: 25/7 - 0h25
Final Street Feminino: 26/7 - 0h25

O Park também tem 20 atletas que estarão disputando vaga na fase classificatória. Seguirão para a final os oitos que tiverem as maiores notas. No Park, o skatista vai ter que dar quatro voltas no circuito, que une as características do Bowl e Street.

O Bowl tem origem nas piscinas californianas dos anos 70. Ou seja, o circuito é totalmente côncavo e o skatista não precisa remar, pois a gravidade faz todo o serviço. O Street é composto por elementos cotidianos como corrimões, escadas, bancos, ruas, etc.

Classificatória Park Feminino: 3/7 - 21h
Classificatória Park Masculino: 4/7 - 21h
Final Park Feminino: 4/7 - 0h30
Final Park Masculino: 5/8 - 0h30

*Todos os horários estão no fuso de Brasília (DF).

*Estagiária sob supervisão de Marcos Paulo Lima

  • Tóquio 2020: Rayssa Leal, a atual segunda melhor do skate street no ranking mundial, se tornou a mais jovem atleta a representar o Brasil em uma Olimpíada, com apenas 13 anos. Ela é uma das favoritas para conquistar uma medalha no novo esporte, ao lado de Pamela Rosa e Letícia Bufoni / Olimpíadas
    Tóquio 2020: Rayssa Leal, a atual segunda melhor do skate street no ranking mundial, se tornou a mais jovem atleta a representar o Brasil em uma Olimpíada, com apenas 13 anos. Ela é uma das favoritas para conquistar uma medalha no novo esporte, ao lado de Pamela Rosa e Letícia Bufoni / Olimpíadas Foto: Instagram/Reprodução
  • Letícia Bufoni repostou em seus stories a gravação de Tony Hawk
    Letícia Bufoni repostou em seus stories a gravação de Tony Hawk Foto: Reprodução/ Instagram
Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE