Brasileirão

Atlético se isola na liderança da série A e comemora boa fase

Atlético-MG bate o Palmeiras em casa e se isola na liderança em dia de anúncio de Diego Costa

Alan Rios
postado em 15/08/2021 06:00
 (crédito: Pedro Souza/Atlético-MG)
(crédito: Pedro Souza/Atlético-MG)

A felicidade mora na camisa atleticana neste domingo. O torcedor do Atlético-MG viu o time bater o vice-líder do Campeonato Brasileiro, se isolar no topo da tabela e ainda anunciar a contratação do atacante Diego Costa, ex-Atlético de Madrid. A vitória por 2x0 contra o Palmeiras deixou os mineiros a cinco pontos do segundo colocado, distância que só pode diminuir para quatro pontos caso o Fortaleza vença o Santos em casa. Ou seja, a liderança do Galo não pode ser tomada nem após o fim desta ou da próxima rodada.

O time paulista, por outro lado, teve um sábado recheado de perdas. Após ter perdido a liderança na 15ª rodada, o Palmeiras entrou em campo podendo retomar o topo, mas viu o sonho começar a escapar aos 35 minutos do primeiro tempo. Com o jogo empatado em 0x0, o volante Patrick de Paula escorregou, atingiu Jair e recebeu o segundo amarelo. A expulsão polêmica levou a comissão técnica ao desespero. O técnico Abel Ferreira recebeu vermelho por reclamar do lance e deixou o time nas mãos do auxiliar, João Martins, que também foi expulso, minutos depois. O Verdão ainda perdeu o goleiro Weverton ao longo da partida, após um choque com o atleta adversário, ele foi substituído por Jailson.

Com um jogador a mais, o Atlético impôs o favoritismo numérico. Savarino marcou no apagar das luzes do primeiro tempo e deixou a situação do Galo mais tranquila, em jogada em que Guilherme Arana cruzou pela esquerda e encontrou o atacante. No intervalo de jogo, o Palmeiras não poupou nas substituições e fez quatro alterações. Mas o plantel mineiro demonstrou a consistência que já vinha apresentando em jogos anteriores e consolidou a vitória aos 16 minutos da segunda etapa, em jogada semelhante ao primeiro gol. Autor e coautor foram os mesmos. Em novo passe de Arana, que bateu cruzado e rasteiro, Savarino apareceu na pequena área e jogou para o fundo das redes após dividida com Weverton, no último lance do arqueiro alviverde na partida.

Após a pardida, o Galo anunciou oficialmente Diego Costa, que já havia divulgado vídeo comentando sobre a ida para o Galo. O Atlético-MG agora se prepara para pegar o Fluminense, fora de casa, na próxima rodada do Brasileirão. O Palmeiras enfrenta o Cuiabá na 17ª rodada. Ambas as equipes que duelaram no Mineirão ainda encaram a Libertadores no meio desta semana. O Verdão joga contra o São Paulo nesta terça, após um empate em 1x1 no Morumbi, enquanto o Atlético joga quarta-feira, contra o River, após vencer por 1x0 fora.

Embate alvinegro

O Corinthians enfrenta o Ceará neste domingo, às 16h, com a missão de tornar um pouco melhor o retrospecto jogando na Neo Química Arena. Sob o comando do técnico Sylvinho, o time tem 20% de aproveitamento, com uma vitória, três empates e cinco derrotas, um aproveitamento de times da zona de rebaixamento, enquanto o Ceará ainda não venceu longe do Castelão.

Na última vez que jogou em Itaquera, o Corinthians sofreu três gols do Flamengo e viu o adversário dominar a partida. Para tentar se sentir melhor em casa, o técnico Sylvinho levou os jogadores para treinar na Neo Química na última quinta-feira. O meia-atacante Giuliano deve fazer sua estreia em casa. Renato Augusto, que foi apresentado durante a semana, deve começar no banco de reservas e também ser escalado de forma gradativa, para ganhar minutos em campo e compensar a falta de jogos que vem desde dezembro.

Já o Ceará, vai tentar defender uma invencibilidade de 11 jogos no Campeonato Brasileiro sem o meia Vina, um dos destaques do time, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. No seu lugar, vai entrar Jorginho. Eles se revezam na condição de titular na equipe do técnico Guto Ferreira.

O Ceará tenta deixar para trás os empates. São oito, no total. O fantasma do Corinthians é o atraso de salário dos jogadores.

Duelo de 87 sem Gabigol

 (crédito: Cesar Olmedo/AFP)
crédito: Cesar Olmedo/AFP

Neste domingo, duelam os dois autoproclamados campeões brasileiros de 1987. O Flamengo vem de uma boa reação na Libertadores após a goleada sofrida contra o Internacional no fim de semana passado pelo Brasileirão, e encara o Sport, às 16h, no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. Quase garantido na semifinal do torneio continental, em que marcou 4x1 na casa do Olimpia, o Flamengo precisa de uma recuperação no campeonato nacional para continuar sonhando com o título. Mesmo vencendo hoje, o rubro-negro ainda não entra no G4, mas diminui a distância para os times do topo da tabela e conta com as partidas adiadas.

A equipe treinada por Renato Gaúcho soma 24 pontos, contra 28 do Bragantino, em quarto, e 37 do Atlético, na liderança. Sem preocupações com o jogo de volta contra o Olimpia, o Flamengo deve entrar com a força máxima à disposição, embora some algumas ausências. Thiago Maia, com covid-19, e Diego e Gabriel, suspensos, são as principais baixas do time titular. Do outro lado do campo, o Sport não poderá contar com metade do time, que está no departamento médico. O meia Hernanes, ex-São Paulo, pode ser uma estreia em meio aos desfalques, enquanto o lateral-esquerdo Sander está recuperado de lesão no pé e o atacante Tréllez retorna após cumprir a suspensão automática na última partida. Everton Felipe está regularizado e também fica como opção do técnico Umberto Louzer, que vem de quatro jogos sem perder.

Curtinhas Esportes

» Juventude vira
Em partida fora de casa contra o Bragantino, o Juventude virou e garantiu três pontos que distanciam o time do Z-4, deixando na 10º posição.

» VALENDO 2ª POSIÇÃO
Fortaleza e Santos duelam hoje às 18h15, em jogo que pode deixar o time do estado cearense na vice-liderança do campeonato ou aproximar o Santos do G-4.

» Meio da tabela
No mesmo horário da partida de Fortaleza, Bahia e Atlético-GO se enfrentam para se consolidar na primeira parte da tabela. Os baianos estão na 11ª colocação, enquanto o time de Goiás está na 9ª.

» Para sair do z-4
Em casa, o Cuiabá recebe o Athletico-PR com a chance de sair da zona de rebaixamento. O time pode chegar hoje à 16ª posição, a depender do jogo do Sport.

 

As torcidas que querem ver mais

Internacional x Fluminense é o confronto da intermediária da tabela do Brasileirão neste domingo, às 20h30, no Beira-Rio. A equipe gaúcha vem embalada pela goleada de 4 x 0 aplicada no Flamengo, no Maracanã, enquanto que o time carioca está em crise, tenta encerrar a série negativa de três derrotas e busca reagir na competição. O Internacional tem 18 pontos e busca um objetivo que não tem conseguido alcançar no Brasileirão, uma sequência de vitórias. O time colorado quer engrenar para brigar por uma vaga na zona de classificação à Libertadores.

Do outro lado, o Fluminense tenta se recuperar do tropeço em casa no meio de semana pela Libertadores, quando empatou em dois gols com o Barcelona de Guayaquil. No campeonato nacional, a situação também não é boa. Foram três derrotas consecutivas com apresentações ruins nos últimos três jogos, que deixaram o time mais próximo dos quatro últimos colocados. Esse cenário deixa o trabalho de Roger Machado sob pressão.

Na corda bamba, ele chegou a declarar que há um desgaste quando os resultados não acontecem, mas que acha desnecessário o questionamento sobre o risco de demissão em meio a uma importante decisão continental. Nos últimos nove jogos do Brasileirão, o Internacional só venceu dois. Neste período, foram outros quatro empates e três derrotas. O Fluminense foi pior ainda. São cinco reveses, dois empates e duas vitórias nas últimas nove partidas. O duelo opõe adversários que precisam mostrar mais, em desempenho e resultado.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE