ELIMINATÓRIAS

Mídia internacional repercute suspensão de Brasil x Argentina em São Paulo

Paralisação do clássico por quebra de regras sanitárias de argentinos é assunto destacado em alguns dos principais veículos de comunicação da Europa

Redação - Superesportes
postado em 05/09/2021 18:53 / atualizado em 05/09/2021 18:53
 (crédito: Marca/Reprodução)
(crédito: Marca/Reprodução)

A suspensão do clássico entre Brasil e Argentina, neste domingo, na Neo Quimica Arena, em São Paulo, pelas Eliminatórias Sul-Americanas para Copa do Mundo de 2022, repercutiu na mídia internacional. Veículos de comunicação da Europa e também da América do Sul trataram a notícia com grande destaque.

O jogo foi interrompido aos 7min do primeiro tempo, quando delegados da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) entraram em campo exigindo a retirada de jogadores argentinos que descumpriram os protocolos sanitários. O goleiro Martínez, o meio-campo Lo Celso, o zagueiro Romero e o reserva Emiliano Buendia terão que ser deportados por descumprimento da quarententa obrigatória para viajantes do Reino Unido - no caso a Inglaterra, onde atuam - para o Brasil.

Um dos principais jornais esportivos da Espanha, o Marca destacou em manchete o episódio. O veículo classificou o caso como um 'escândalo sanitário', o que ofuscou até mesmo o jogo da Fúria contra Georgia, pelas Eliminatórias Europeias para a Copa no Catar.

Outro jornal conhecido da Espanha, o Ás, também destacou a interrupção do jogo entre Brasil e Argentina. O veículo publicou imagem de um fiscal entrando em campo e, na legenda, ressaltou o fato de o 'policial' estar armado. A informação partiu do jornalista Mariano Antico, da TyC Sports.

Na Itália, o Gazetta Dello Sport também destacou o episódio na capital paulista. "Brasil x Argentina interrompido após 7min devido à falta de quarentena", publicou o veículo, que emendou: "O grande clássico do futebol sul-americano foi interrompido poucos minutos após o pontapé de saída pelas autoridades paulistas: quatro jogadores da Seleção Argentina que atuam na Premier League não passaram pelo período de quarentena antes de entrar no Brasil."

Na Inglaterra, o The Sun, que tradicionalmente aposta em manchetes polêmicas, foi direto no assunto: Brasil x Argentino é suspenso depois que agentes de saúde entraram em campo para deportar astros da Premier League", escreveu o veículo, citando o fato de os quatro argentinos que descumpriram o protocolo sanitário atuarem no futebol inglês.

Na França, o L'Equipe também tratou o caso com destaque. O veículo citou que 'o jogo foi interrompido pela Agência de Vigilância Sanitária do Brasil, devido à presença no lado argentino de quatro jogadores suspeitos de terem violado o protocolo anticovid."

O El País, do Uruguai, divulgou a notícia em destaque no site. "O que é a ANVISA e por que quatro jogadores da Argentina descumpriram normas sanitárias?", indagou o veículo ao se referir sobre um resumo do caso, explicando a ação do órgão brasileiro.

El País, do Uruguai, divulgou a notícia em destaque no site. "O que é a ANVISA e por que quatro jogadores da Argentina descumpriram normas sanitárias?", indagou o veículo ao se referir sobre um resumo do caso, explicando a ação do órgão brasileiro.  

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE