Fim da linha

Fim da linha: São Paulo informa que Daniel Alves não jogará mais pelo clube

Depois de servir a Seleção Brasileira na rodada tripla das Eliminatórias, o lateral-direito não se reapresentou no Centro de Treinamento. Representantes do jogador comunicaram atrasos nos salários

VICTOR PARRINI*
postado em 10/09/2021 14:55
 (crédito: Rubens Chiri/São Paulo FC)
(crédito: Rubens Chiri/São Paulo FC)

O relacionamento conturbado que São Paulo e Daniel Alves viviam nos últimos meses chega ao fim. No início da tarde desta sexta-feira (10/9), o tricolor paulista informou que o lateral-direito não jogará mais pelo clube. A confirmação veio através de comunicado publicado nas redes sociais do clube, onde a diretoria diz que o jogador não se reapresentou depois de servir à Seleção Brasileira nos compromissos pelas Eliminatórias da Copa. O staff do jogador pede o pagamento das dívidas com o atleta, avaliada em R$ 11 milhões.

Os representantes de Daniel Alves disseram ao São Paulo que, enquanto os débitos com o atleta não forem quitados, ele não retornaria ao clube. A diretoria tricolor respondeu que “reconhece (a dívida) e na última semana fez uma proposta buscando o acerto, que não foi aceita pelos representantes”.

Em meio ao impasse, o departamento de futebol da equipe do Morumbi decidiu, portanto, que Daniel Alves não vestiria mais a camisa do São Paulo, mesmo com a quitação ou não dos vencimentos junto ao atleta.

"Daniel Alves e Miranda estavam servindo a seleção brasileira e deveriam ter se apresentado para começarem os treinamentos. Miranda compareceu, treinou normalmente, mas Daniel Alves não compareceu", informou o diretor de futebol Carlos Belmonte.

"A negociação continuará envolvendo o departamento jurídico e o departamento financeiro. Do ponto de vista do departamento de futebol, nós tomamos a decisão e comunicamos ao técnico Hernán Crespo que Daniel Alves não estará mais à disposição para atuar no time do São Paulo. Vale sempre lembrar que o São Paulo é mais importante do que todos nós. Todos nós trabalhamos em favor da instituição", destacou Belmonte.

Torcedor declarado do São Paulo, Daniel Alves chegou ao clube em 2019. De lá pra cá, o experiente lateral disputou 95 partidas, marcou 10 gols e deu 14 assistências. No início de 2021, ajudou o tricolor a encerrar o jejum incômodo de 15 anos sem conquistar o Campeonato Paulista, ao superar o rival Palmeiras na grande final.

Uma dos atritos recentes entre o jogador e o clube aconteceu logo após a conquista do ouro olímpico nos Jogos de Tóquio-2020. Na chegada à capital paulista, Daniel Alves mostrou insatisfação com os atrasos nos salários ao dizer que jamais havia falhado com o São Paulo, mas que o tricolor havia falhado com ele.

Qual o próximo destino?

Daniel Alves disputou apenas seis partidas pelo São Paulo no Campeonato Brasileiro, portanto, ainda pode defender outro clube do cenário nacional. No entanto, o currículo vistoso e as recentes aparições com a camisa da Seleção podem lhe render um retorno ao futebol europeu.

Quem será o substituto de Dani Alves?

Em meio à disputa do Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil, o São Paulo do técnico Hernán Crespo deverá encontrar alternativas para suprir a ausência de Daniel Alves. Para a lateral-direita, o comandante argentino conta Igor Vinicius e Orejuela, que ainda não empolgaram o torcedor.

*Estagiário sob supervisão de Marcos Paulo Lima

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE