Fórmula 1

Dobradinha da McLaren em Monza

Correio Braziliense
postado em 12/09/2021 23:57
 (crédito: Lars Baron/AFP)
(crédito: Lars Baron/AFP)

O GP da Itália terminou na volta 26 para Max Verstappen e Lewis Hamilton, quando os dois se envolveram em impressionante acidente. O carro da Red Bull do holandês acabou em cima da Mercedes do inglês, que foi salvo pelo halo, a estrutura que protege o cockpit. Com os favoritos fora, quem festejou foi a McLaren, com inédita dobradinha no pódio na temporada. O australiano Daniel Ricciardo ganhou o GP de Monza, e o britânico Lando Norris cruzou em segundo lugar.

O finlandês Valtteri Bottas completou o pódio, por causa da punição aplicada ao mexicano Sergio Pérez, que acabou caindo para o quinto posto. Bottas largou dos boxes, em último, e foi escalando posições até ser premiado com o terceiro lugar. “Nunca desistimos, e sabia que uma hora o resultado viria”, comemorou o australiano, que não ganhava desde Mônaco, em 2018. Ele comemorou bebendo champanhe na sapatilha, após receber o troféu no alto do pódio.

Salvo pelo halo
A largada em Monza foi emocionante. Ricciardo partiu para o ataque e ganhou a posição do pole Verstappen, enquanto Hamilton ultrapassou Norris. Verstappen acabou escapando da pista justamente quando recebeu ordem para atacar. Mas assumiu a ponta com a parada do australiano. Porém, por problemas em uma das rodas, fez um pit stop bem ruim. Despencou para o 10º lugar e, para piorar, viu Hamilton ser arrojado e ultrapassar Norris, assumindo a liderança. Mas ele também teve dificuldades na parada no box. Saiu ao lado de Verstappen e, na briga por posição, ambos acabaram batendo.

Com um rendimento acima dos rivais, Bottas já pressionava Pérez e os carros da McLaren. Norris pediu para Ricciardo andar mais rápido via rádio. E foi atendido. Evitaram a pressão da concorrência e festejaram muito. Ricciardo acabou com o jejum, e Norris somou seu melhor resultado na Fórmula 1. Punido com cinco segundos, Pérez acabou perdendo o lugar no pódio para Bottas.

Na briga pelo título mundial, Verstappen manteve a liderança, com 226,5 pontos, contra 221,5 de Hamilton. Bottas é terceiro, com 141, seguido por Norris, com 132. O circo da F1 se encontra novamente em duas semanas, para o GP da Rússia.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE