Projeto social

Conheça o Arena Lutas, projeto social que alcança pessoas através do esporte

Localizado no Riacho Fundo I, o trabalho voluntário visa incentivar a prática esportiva e melhorar a qualidade de vida da comunidade

VICTOR PARRINI*
postado em 08/10/2021 17:19 / atualizado em 08/10/2021 18:22
 (crédito: Diane Gomes)
(crédito: Diane Gomes)

Um projeto social localizado no Kanegae, na região do Riacho Fundo I, vem fazendo a diferença na vida da comunidade local. A iniciativa Arena Lutas, criada pelo professor de educação física, Hudson Leonardo, atua como fomentadora de valores culturais e sócio-educativos, através da prática de lutas e ensinamentos culturais.

Fundado em 21 de janeiro de 2018, o Arena Lutas oferece diversas práticas à comunidade, sem quaisquer restrições de idade. Entre as atividades, estão o boxe, capoeira, judô, karatê, muay thai, jiu-jitsu, funcional, dança, oficinas de reciclagem e aulas voltadas para provas de concursos públicos.

Um dos principais objetivos do projeto é ajudar no desenvolvimento das crianças através do esporte e alimentar a esperança na vida delas. Diariamente, a iniciativa atende cerca de 50 moradores, de todas as classes, entre elas, crianças, jovens, adultos e idosos. Durante eventos sociais, a instituição chega a receber de 100 a 200 pessoas. No local, também são oferecidos trabalhos inclusivos, voltados para pessoas com necessidades especiais. “O projeto é aberto para todos, abraçamos todo mundo”, explica Hudson Leandro, idealizador do Arena Lutas.

Aulas de artes marciais são oferecidas de forma gratuita no projeto Arena Lutas
Aulas de artes marciais são oferecidas de forma gratuita no projeto Arena Lutas (foto: Diane Gomes)

Satisfação em ajudar

Inspirado a ajudar pessoas, Hudson conta que tudo começou através da capoeira. “Eu treinava na garagem de casa, e depois comecei a ensinar para colegas. A iniciativa alcançou outras pessoas e isso me serviu de inspiração para cursar educação física”, compartilhou. “Nisso eu treinava o judô, montei meu próprio tatame, até aparecer outros apoiadores e voluntários”, complementa.

O professor de educação física e responsável pelo projeto compartilhou que uma das primeiras pessoas a apresentarem a capoeira foi o seu irmão Laiano, mais conhecido como Mestrando "Espeto". Infelizmente, um de seus incentivadores na infância foi assassinado, em 2018, cinco dias após a criação do Arena Lutas.

Feliz pelos resultados que vêm sendo alcançados na região do Riacho Fundo I, Hudson citou a mãe, Elisete Maria, como uma das principais apoiadoras nesses pouco mais de três anos de projeto. "Desde que decidi dar aula para as pessoas da comunidade, minha mãe sempre me apoiou, seja com recursos financeiros, mão de obra e até proporcionando alimentos. Agradeço, também, todos os demais que nos auxiliam com o trabalho social", complementou.

“Eu não imaginava que um dia teria um projeto social. Mas aconteceu, e, na realidade, vem sendo muito bom. Eu gosto de dar aula e comecei a ajudar minha própria comunidade, amigos, primos e depois a iniciativa foi se expandindo, aquela coisa do bem. Eu fui ajudado por projeto social e agora eu esttou podendo retribuir com uma iniciativa para a sociedade também”, explica.

Boxe e outras modalidades são oferecidas no Arena Lutas
Boxe e outras modalidades são oferecidas no Arena Lutas (foto: Diane Gomes)

Sobrevivência do projeto 

Há pouco mais de três anos servindo a comunidade da região do Riacho Fundo I, o Arena Lutas sobrevive de trabalhos voluntários e doações. O projeto não recebe recursos do Governo do Distrito Federal (GDF) e nem da Administração Regional. Contudo, isso não desanima o desenvolvimento das práticas. “Não tem como explicar o sentimento de poder ajudar tantas pessoas. É uma emoção diária, semanal e para vida toda. É gratificante ver o brilho nos olhos de um aluno ao aprender movimentos”, compartilha Hudson.

Arena Lutas quer alcançar mais pessoas

Buscando gerar benefícios ainda maiores para a sociedade, o projeto social pretende atender, também, a população do Riacho Fundo II. Os gestores do projeto abriram uma vaquinha online para o levantamento de recursos, mas também reforçam que doações de qualquer natureza são bem-vindas. “Precisamos de tatames, uniformes, kimonos, camisetas. Todo tipo de contribuição, seja com terreno ou materiais para construção, ajuda o fortalecimento”, ressaltou.

“Desenvolver o projeto no Riacho Fundo II é aproximar cada vez mais pessoas das práticas esportivas e cuidado com a saúde. Expandindo o projeto, podemos alcançar moradores de outras regiões, que muitas das vezes não têm condições de se locomover até o Riacho Fundo I”, explica. 

Como participar ou colaborar

Para ser voluntário ou participar das atividades e eventos promovidos pelo Arena Lutas, basta entrar em contato com Hudson Leonardo, coordenador e idealizador do projeto. Hudson informa que as portas do projeto estão abertas.

Serviço

Arena Lutas
Endereço: Setor de chácaras Colônia Agrícola Riacho Fundo I, Kanegae, Chácara 29, Lote 15
Contato: (61) 985384496 - Hudson Leonardo
Pix para colaboração: CNPJ: 29.396.303/0001-57

*Estagiário sob supervisão de Danilo Queiroz

  • Boxe e outras modalidades são oferecidas no Arena Lutas
    Boxe e outras modalidades são oferecidas no Arena Lutas Foto: Diane Gomes
  • Aulas de artes marciais são oferecidas de forma gratuita no projeto Arena Lutas
    Aulas de artes marciais são oferecidas de forma gratuita no projeto Arena Lutas Foto: Diane Gomes
Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE