LISTA ATUALIZADA

Vinícius Jr. retorna à Seleção Brasileira após lesão de Roberto Firmino

Em ótima fase no Real Madrid, o jovem atacante recebeu a oportunidade de reforçar a amarelinha para os confrontos contra Colômbia e Argentina, pelas Eliminatórias

VICTOR PARRINI*
postado em 05/11/2021 14:58
 (crédito: Lucas Figueiredo/CBF)
(crédito: Lucas Figueiredo/CBF)

Destaque do Real Madrid, Vinícius Jr. está de volta à Seleção Brasileira. A convocação para os confrontos diante de Colômbia e Argentina veio na manhã desta sexta-feira (5/11), após confirmação do corte de Roberto Firmino, por lesão muscular. O departamento médico do Liverpool avaliou e comunicou que o camisa 9 não teria condições de treino e de jogo.

A convocação de Vini Jr. para a Seleção foi motivo de comemoração para os torcedores brasileiros. Em ascensão no futebol europeu, a ausência dele foi sentida na lista original e muito comentada nas redes sociais. Ciente disso, o técnico Tite comentou a escolha.

“Vinícius Junior é um grande jogador, com potencial de crescimento impressionante, em um grande momento no clube, que concorre naqueles atletas, digamos assim, atacantes agressivos. Agudo, o ponta que vai para dentro”, avaliou. “O desempenho e a oportunidade que Raphinha e Antony tiveram, foi um momento importante para a convocação, com todo o respeito nessa concorrência leal que a gente procura”, justificou.

Na última quarta-feira (3/11), após mais uma excelente atuação com a camisa do Real Madrid, com duas assistências para Benzema, na vitória por 2 x 1 sobre o Shakhtar Donetsk, o atacante chegou a comentar que precisaria trabalhar ainda mais para voltar a vestir a amarelinha.

Eleito melhor jogador do clube merengue em outubro, Vini Jr. chega para disputar a posição com outros grandes concorrentes: Raphinha e Antony. Mas o ex-Flamengo mostra que não sai atrás na briga. Na atual temporada, em 15 partidas pelo Real Madrid, o jogador de 21 anos marcou nove gols e ainda serviu os companheiros com cinco assistências.

Líder absoluto das eliminatórias, com 10 vitórias em 11 jogos, o Brasil volta a campo na próxima quinta-feira (11/11), quando recebe a Colômbia, às 21h30, na Neo Química Arena, em São Paulo. Cinco dias depois, às 20h30, o esquadrão verde-amarelo vai até San Juan encarar a Argentina de Lionel Messi.

*Estagiário sob supervisão de Marcos Paulo Lima 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE