FÓRMULA 1

Hamilton vence GP do Catar

Correio Braziliense
postado em 22/11/2021 00:01
 (crédito:  AFP)
(crédito: AFP)

Punido horas antes do inédito GP do Catar, Max Verstappen largou em 7º lugar e alcançou a segunda colocação ainda na quinta volta. A reação, contudo, não foi suficiente para impedir a segunda vitória seguida de Lewis Hamilton, que largou na pole position e dominou a prova.

Com a nova vitória, a 102ª da carreira, Hamilton chegou aos 343,5 pontos, oito atrás de Verstappen, líder do ranking, com 351,5. O terceiro lugar ficou com o radiante Fernando Alonso, de volta ao pódio após sete anos. O espanhol, de 40 anos, não ficava entre os três primeiros desde 2014, quando foi o segundo colocado do GP da Hungria. "Já se passaram sete anos, mas, finalmente, chegamos lá. Esperei tanto por isso e estou muito feliz", disse ele após a corrida.

Se, em Interlagos, o piloto desfilou com o pavilhão brasileiro após a vitória, ontem, levantou outra bandeira. Em posicionamento político contra leis discriminatórias do Catar, Hamilton entrou na pista com um capacete pintado pelo brasileiro Raí Caldato, com uma versão da bandeira LGBTQIA criada pelo designer Daniel Quasar.

Duas horas antes do início da corrida, a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) anunciou punições a Max Verstappen e Valtteri Bottas por desrespeito a bandeiras amarelas. Assim, o francês Pierre Gasly e o veterano espanhol Fernando Alonso largaram em segundo e terceiro, respectivamente, atrás de Lewis Hamilton. A largada do britânico foi muito boa, sem dar chances de ultrapassagem para Alonso, que logo tomou a segunda posição de Gasly.

Restam apenas duas etapas para o fim da temporada: Arábia Saudita, no próximo domingo, e Emirados Árabes, no dia 12 de dezembro.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE