Carta às nações

A convite do Correio, os maiores ídolos dos finalistas dizem às suas torcidas por que devem acreditar na conquista do tri, hoje, na final que será vista até por Pep Guardiola

Marcos Paulo Lima
postado em 27/11/2021 00:01
 (crédito: Valdo Virgo)
(crédito: Valdo Virgo)

Quando até o melhor técnico do mundo, Pep Guardiola, diz que iria ao Estádio Centenário, em Montevidéu, no Uruguai, assistir à final da Libertadores se estivesse de folga, é poque os candidatos ao título Palmeiras e Flamengo exalam talento e qualidade. O espanhol tem compromisso na Premier League à frente do Manchester City, amanhã, contra o West Ham, mas avisou: "Vou ver pela tevê", prometeu o viciado em trabalho em entrevista à TNT Sports.

Sinal de que a Conmebol conseguiu o que desejava. Ao marcar a terceira decisão em jogo único para 20h na Inglaterra, atraiu no mínimo a atenção de um dos técnicos mais vitoriosos deste século à frente de Barcelona, Bayern de Munique e, agora, do Manchester City.

No esquenta para a quarta final brasileira da Libertadores, o Correio convidou os maiores ídolos de Palmeiras e Flamengo para explicar a Pep Guardiola e quem mais estiver interessado por que as respectivas religiões que arrastam 53 milhões de fiéis no Brasil devem colocar fé no tricampeonato continental. É o que fizeram Arthur Antunes Coimbra, o Zico, em uma carta; e Ademir da Guia, o Divino, em um singelo bilhete.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE