LIGA DAS NAÇÕES

América do Sul pode entrar na disputa do torneio europeu

Correio Braziliense
postado em 18/12/2021 00:01

A guerra da Conmebol e da Uefa à Fifa está declarada. A dois dias do encontro da entidade máxima do futebol com os países filiados para discutir o calendário e a possibilidade de a Copa do Mundo passar a ser disputada a cada dois anos, vazou a informação de que as seleções sul-americanas poderão participar da Liga das Nações a partir de 2024. A revelação partiu do vice-presidente da Uefa, o craque polonês Zbigniew Boniek. 

"É a última Liga das Nações com este formato (a de 2022-2023, sorteada na quinta-feira). A partir de 2024, a Conmebol entrará na competição", disse Boniek em entrevista ao site polonês Meczyki.

"Não sei ainda com que formato, estamos trabalhando nisso", acrescentou, avaliando que a participação dos países sul-americanos no torneio "tornará a Liga das Nações mais importante", afirmou. As 10 seleções da América do Sul competiriam de acordo com as divisões estabelecidas pela entidade do Velho Continente.

A Liga das Nações é um torneio promovido pela Uefa. Houve duas edições, com títulos para Portugal, em 2019, e França em 2021. "A Uefa está trabalhando em um certo número de projetos com a Conmebol, incluindo uma Liga das Nações comum, mas nada está fechado", disse um porta-voz da Uefa.

Boniek, que jogou pela Juventus na década de 1980 ao lado de Michel Platini, também foi técnico da Polônia. Este ano, deixou o cargo de presidente da Federação Polonesa de Futebol, que ocupava desde 2012, e passou a fazer parte do Conselho de Administração da Uefa. Recentemente, a América do Sul e a Europa repudiaram o plano de Gianni Infantino de implementar a Copa a cada dois anos.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE