FUTUROS CRAQUES

Conheça alguns dos talentos para ficar de olho no mata-mata da Copinha

No esquenta para os mata-matas do principal torneio de base do futebol brasileiro, o Correio separou alguns destaques das principais equipes do cenário. A lista conta, ainda, com a presença do brasiliense Endrick, promessa do Palmeiras

VICTOR PARRINI*
postado em 12/01/2022 19:20
 (crédito: Fabio Menotti/Ag. Palmeiras)
(crédito: Fabio Menotti/Ag. Palmeiras)

Principal torneio de base do futebol brasileiro, a Copa São Paulo começou a viver, nesta quarta-feira (12/1), suas primeiras emoções de confrontos mata-matas. O torneio passou a ser disputado por 64 equipes, em partidas únicas e eliminatórias, onde apenas 32 avançarão. E no esquenta para a sequência da competição e das joias que desfilam pelos campos paulistas, o Correio separou alguns jogadores para você ficar de olho nas fases derradeiras da Copinha.

Andrey Santos - Vasco

As crias de São Januário desembarcaram na Copinha pensando no bicampeonato. Vencedor em 1992, o Vasco espera encerrar o jejum de 30 anos sem levantar o troféu do torneio de base. Para isso, uma das esperanças do técnico Igor Guerra é o volante Andrey Santos, de apenas 17 anos.

Apesar de ser receber a função de um meio-campista recuado, Andrey mostra que é versátil e agudo. Em cinco anos de clube, ele soma 12 gols e duas assistências em 60 partidas. No currículo, possui títulos Copa do Brasil sub-20, Supercopa do Brasil sub-20, Campeonato Carioca sub-15 e sub-17, além do Sul-Americano sub-15, com a Seleção Brasileira. Na estreia cruzmaltina na Copinha, o jovem foi fundamental na goleada por 5 x 1 sobre o Lagarto-SE e balançou as redes na goleada por 12 x 0 sobre o Rio Claro.

Andrey Santos em ação pelo Vasco no clássico contra o Flamengo
Andrey Santos em ação pelo Vasco no clássico contra o Flamengo (foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Endrick - Palmeiras

Se entre os profissionais o Palmeiras é quem comanda a América do Sul há duas temporadas, na base, a molecada do Verdão também pede passagem. Finalista da Copinha em 1970 e 2003, o Palestra ainda sonha com o primeiro título do principal torneio de base do futebol nacional. Para faturar essa conquista, o time aposta as fichas em um brasiliense: o atacante Endrick.

Nascido em 2006, Endrick nem sequer completou 16 anos, mas mostrou personalidade ao assumir a camisa 9 palmeirense. Em 170 jogos na base, o atacante anotou incríveis 167 gols, foi campeão paulista Sub-11, Sub-13, Sub-15 e Sub20 e virou xodó do elenco profissional, com quem treinou para ser observado por Abel Ferreira. Na atual edição da Copinha, o brasiliense soma quatro gols em dois jogos.

Cria de Brasília, Endrick é um dos destaques da base palmeirense
Cria de Brasília, Endrick é um dos destaques da base palmeirense (foto: Fabio Menotti/Ag. Palmeiras)

Enzo - Internacional

Atual campeão da Copa São Paulo, o Inter desponta novamente como um dos favoritos ao caneco de 2022. Para defender o título, o Colorado conta a presença do atacante Enzo, de 18 anos. O jovem jogador gaúcho é filho do ídolo do clube, Fernandão, multicampeão pela equipe de Porto Alegre.

O herdeiro do ex-capitão do Inter quer seguir os passos do pai e ganhar ainda mais espaço, aproveitando a vitrine que tem pela frente. Enzo não desponta como titular absoluto da posição, porém, segue como peça importante na busca pelo hexacampeonato da Copinha.

Filho do ídolo colorado Fernandão, Enzo espera seguir os passos artilheiros do pai no Inter
Filho do ídolo colorado Fernandão, Enzo espera seguir os passos artilheiros do pai no Inter (foto: Divulgação/Internacional)

Giovane - Corinthians

Maior campeão da Copa São Paulo com 10 títulos, o Corinthians quer retomar os caminhos de glória no torneio de base. A equipe está há três edições sem figurar entre os finalistas. Para a missão de voltar ao topo do cenário, o Timão faz uso de Giovane, atacante destaque da equipe.

Aos 18 anos, Giovane vive sua segunda temporada com a camisa alvinegro. Em 2019 e 2020, vestiu as cores do Red Bull Brasil sub-17 e Capivariano. Na temporada anterior, foi emprestado para o Parque São Jorge e deu muito certo: anotou 17 gols e deu duas assistências em 23 partidas. Em três partidas pela Copa São Paulo, o atacante corintiano foi às redes uma vez e também ajudou com uma assistência.

Artilheiro, Geovane chama cada vez mais atenção na base do Corinthians
Artilheiro, Geovane chama cada vez mais atenção na base do Corinthians (foto: Rodrigo Gazzanel/Ag.Corinthians)

John Kennedy - Fluminense

Dono de um plantel talentoso, o Fluminense também contará com uma jovem experiência para a Copinha 2022. John Kennedy é o principal nome da equipe carioca. O atacante de 19 anos atua pela equipe sub-20, mas tem bagagem pela equipe profissional, onde disputou Campeonato Carioca, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro.

Em 22 partidas na equipe de cima do Flu, John Kennedy balançou as redes quatro vezes. Na atual temporada, o jovem quer receber ainda mais oportunidades. Mas, para isso, precisa fazer valer na Copa São Paulo. O Fluminense não chega à final desde 2012, quando foi derrotado para o Corinthians.

John Kennedy é o destaque da base que já atuou pela equipe profissional
John Kennedy é o destaque da base que já atuou pela equipe profissional (foto: Lucas Merçon/FFC)
 


Matheus França - Flamengo

O bonde flamenguista na Copinha é puxado pelo meia Matheus França. O camisa 10 rubro-negro é uma das principais apostas do clube na categoria de base. Aos 17 anos, França conquistou o Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil sub-17, além do título Sul-Americano sub-15 com a Amarelinha.

As expectativas sobre o jovem são tão grandes, que a diretoria resolveu renovar o vínculo com o jogador até 2027, com multa astronômica de 100 milhões de euros (cerca de R$ 640 milhões). Isso porque, em 2021, o meia foi às redes 19 vezes em 32 partidas. As atuações lhe renderam minutos na equipe profissional, quando atuou contra Santos e Atlético-GO, pelo Brasileirão.

Matheus França é um dos principais nomes da base rubro-negra
Matheus França é um dos principais nomes da base rubro-negra (foto: Marcelo Cortes/Flamengo)

Pedrinho - São Paulo

Acostumado a revelar grandes jogadores, como Casimiro, Lucas Moura, o São Paulo versão 2022 conta um plantel talentoso e desperta interesse até mesmo do técnico da equipe principal, Rogério Ceni. Sob o comando de Alex, as crias de Cotia esperam chegar longe e, quem sabe, faturar o quinto título tricolor na Copinha. Para isso, um dos trunfos joga pelo meio e atende pelo nome de Pedrinho.

Aos 19 anos, o jovem jogador chama a atenção pelo poder de definição e visão de jogo. Na temporada 2021, em 28 partidas pela equipe sub-20, Pedrinho anotou seis gols e serviu os companheiros com sete assistências. As atuações lhe renderam a camisa 10 do São Paulo para o torneio de base.

Pedrinho chama a atenção de Rogério Ceni no São Paulo
Pedrinho chama a atenção de Rogério Ceni no São Paulo (foto: Rubens Chiri/Saopaulofc.net)

Ronald - Grêmio

Vice-campeão da Copa São Paulo em 2020, o Grêmio ainda sonha alto com o primeiro título no torneio. Para alcançar o feito, o tricolor gaúcho coloca boas expectativas sobre o volante Ronald, de 18 anos.

Na base gremista desde 2019, Ronald soma 40 partidas pela equipe porto-alegrense, com passagens pelos elencos sub-17, sub-20 e sub-23. Jogador de poucos gols, ele se destaca pela regularidade, forte marcação e comprometimento tático.

Ronald é sinônimo de segurança no tricolor gaúcho
Ronald é sinônimo de segurança no tricolor gaúcho (foto: Rodrigo Fatturi/Grêmio)

Rubens - Atlético-MG

Dominante no cenário nacional entre os profissionais, o Galo mineiro também quer soltar o grito de campeão nas categorias de base. Para triunfar pela quarta vez na Copinha, o esquadrão de Belo Horizonte trabalha com promessas que esperam render bons frutos, entre eles, o meia Rubens.

Com 15 gols e 13 assistências em 2021, o jovem meio-campista foi dos destaques recentes do Atlético-MG nas competições de base. Para a atual temporada, a expectativa é de exibições ainda melhores. Em três partidas pela Copinha, Rubens balançou as redes três vezes, duas na estreia contra o Desportivo Aliança e outra na vitória simples sobre o Andirá-AC.

Rubens se firma como um dos principais nomes no elenco do Galinho
Rubens se firma como um dos principais nomes no elenco do Galinho (foto: Pedro Souza/Atlético-MG)

Juninho - Botafogo

O Glorioso abriu 2022 pensando na conquista inédita da Copinha. Finalista em 1971, o Fogão conta com uma safra talentosa, que tem o meia Juninho como um das peças importantes para a campanha.

Com apenas 20 anos, Juninho pode ser considerado um “jovem experiente”. O meia teve passagens pela base do Vasco e Americano-RJ até desembarcar de vez no Botafogo, onde está desde 2019. Os números dele em 2021 chamaram a atenção do técnico da equipe de cima, Enderson Moreira, e Juninho integrará o elenco profissional nos primeiros compromissos oficiais de 2022.

Destaque da base, Juninho está nos planos de Enderson Moreira para o início de 2022
Destaque da base, Juninho está nos planos de Enderson Moreira para o início de 2022 (foto: Vitor Silva/Botafogo)

Rwan - Santos

Maior case de sucesso das categorias de base do futebol brasileiro, o Santos está pronto para lançar novos talentos. Para a 52ª edição da Copinha, o Peixe tem boas expectativas sobre o atacante Rwan. Aos 20 anos, antes de desembarcar na Baixada, o jovem defendeu o Flamengo de Guarulhos e encaixou como uma luva no alvinegro praiano.

Em 2021, balançou as redes 13 vezes em 18 partidas pelo time sub-20, e ainda serviu os companheiros com três assistências. As esperanças sobre Rwan são tão grandes que, em seu contrato, há multa rescisória estipulada em 50 milhões de euros (cerca de R$ 321 milhões) para clubes estrangeiros e 100 milhões de euros (R$ 642 milhões) para equipes nacionais.

Rwan possui multa rescisória milionária junto ao Santos
Rwan possui multa rescisória milionária junto ao Santos (foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC)

Weverton - Cruzeiro

Na raposa, o destaque para a sequência na Copa São Paulo, é defensivo. Para voltar a soltar o grito de campeão do torneio, a equipe mineira deposita a confiança no zagueiro Weverton, de apenas 18 anos.

Na Toca da Raposa desde 2018, o defensor coleciona 47 exibições com a camisa celeste, além do título mineiro juvenil de 2019. As expectativas sobre Weverton e os demais jovens cruzeiros são altas e a esperança da torcida por dias melhores na equipe profissional.

Raposa aposta as fichas no zagueiro Weverton para um futuro melhor
Raposa aposta as fichas no zagueiro Weverton para um futuro melhor (foto: Bruno Haddad/Cruzeiro)

*Estagiário sob a supervisão de Danilo Queiroz

  • Andrey Santos em ação pelo Vasco no clássico contra o Flamengo
    Andrey Santos em ação pelo Vasco no clássico contra o Flamengo Foto: Rafael Ribeiro/Vasco
  • Filho do ídolo colorado Fernandão, Enzo espera seguir os passos artilheiros do pai no Inter
    Filho do ídolo colorado Fernandão, Enzo espera seguir os passos artilheiros do pai no Inter Foto: Divulgação/Internacional
  • Artilheiro, Geovane chama cada vez mais atenção na base do Corinthians
    Artilheiro, Geovane chama cada vez mais atenção na base do Corinthians Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag.Corinthians
  • Matheus França é um dos principais nomes da base rubro-negra
    Matheus França é um dos principais nomes da base rubro-negra Foto: Marcelo Cortes/Flamengo
  • Pedrinho chama a atenção de Rogério Ceni no São Paulo
    Pedrinho chama a atenção de Rogério Ceni no São Paulo Foto: Rubens Chiri/Saopaulofc.net
  • Ronald é sinônimo de segurança no tricolor gaúcho
    Ronald é sinônimo de segurança no tricolor gaúcho Foto: Rodrigo Fatturi/Grêmio
  • Rubens se firma como um dos principais nomes no elenco do Galinho
    Rubens se firma como um dos principais nomes no elenco do Galinho Foto: Pedro Souza/Atlético-MG
  • Destaque da base, Juninho está nos planos de Enderson Moreira para o início de 2022
    Destaque da base, Juninho está nos planos de Enderson Moreira para o início de 2022 Foto: Vitor Silva/Botafogo
  • Rwan possui multa rescisória milionária junto ao Santos
    Rwan possui multa rescisória milionária junto ao Santos Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC
  • Raposa aposta as fichas no zagueiro Weverton para um futuro melhor
    Raposa aposta as fichas no zagueiro Weverton para um futuro melhor Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro
  • John Kennedy é o destaque da base que já atuou pela equipe profissional
    John Kennedy é o destaque da base que já atuou pela equipe profissional Foto: Lucas Merçon/FFC
Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE