PAULISTA

Escola portuguesa comanda o clássico

VICTOR PARRINI*
postado em 17/03/2022 00:01

O clássico entre Palmeiras e Corinthians, hoje, às 20h30, no Allianz Parque, pode ser considerado uma volta ao passado ou um ensaio do futuro. É a primeira vez, em 92 anos, que os arquirrivais se encontram sob a batuta de treinadores europeus, além de ser a primeira com sotaque 100% lusitano à beira do gramado, tendência crescente no futebol brasileiro.

O primeiro dérbi sob a batuta de treinadores importados do Velho Continente aconteceu em 1º de dezembro de 1929, justamente pelo Campeonato Paulista. Anfitrião, o então Palestra Itália, comandado pelo húngaro Emeric Hirschel, foi goleado por 4 x 1. O comandante alvinegro era o italiano Virgilio Montarini.

No ano seguinte, Timão e Verdão voltaram a se encontrar sob orientações gringas. Os alvinegros apostaram na manutenção de Montarini. Os alviverdes optaram por outro húngaro: Eugenio Medgyessy, o Marinetti. A mudança surtiu efeito no clássico e o Palmeiras fez 1 x 0.

Portanto, o encontro de hoje na casa verde será o primeiro com a predominância do sotaque português. O clássico é um tira-teima entre os lusitanos.

Embora sejam compatriotas, Abel Ferreira e Vitor Pereira jamais duelaram como treinadores. O embate mais recente entre os gajos aconteceu em 17 de abril de 2011, no clássico encerrado a vitória do Porto por 3 x 2 sobre o Sporting. À época, o corintiano era assistente de André Villas-Boas nos Dragões, enquanto Abel Ferreira ocupava a lateral direita do time lisboeta.

Portanto, quis o destino que os caminhos portugueses se cruzassem em São Paulo. Embora tenham a grife europeia, os dois treinadores estão em prateleiras diferentes. Abel Ferreira quebra recordes e empilha taças no Palmeiras. Vitor Pereira chega sob grandes expectativas, mas precisará mostrar serviço para igualar os feitos do rival.

Mesmo que não sejam grandes amigos, ambos demonstram extremo respeito um pelo outro. "Vitor Pereira é um treinador com um currículo impressionante, jogadores internacionais brasileiros ao seu dispor, jogadores que atuaram nas melhores equipes da Europa, como Barcelona e Chelsea, tem um grande elenco", elogiou Abel Ferreira.

A recíproca é verdadeira. "O Abel Ferreira é um treinador espetacular, o Paulo Sousa também. Mas eu sou eu, não vou me comparar a ninguém. Cada um com as suas características. Eu gosto de dar alegria aos meus torcedores", ressaltou o sincerão Vítor Pereira.

Em caso de empate, o Verdão confirmará a melhor campanha no Paulistão e o direito de decidir o mata-mata em casa. Para continuar pensando no primeiro lugar geral, o Timão precisa vencer os seus dois compromissos e torcer para que o arquirrival não some pontos.

Apesar dos vários sotaques, o idioma oficial do dérbi continua sendo a rivalidade. Com nomes estrelados nos elencos, Palmeiras e Corinthians apenas se aquecem para o primeiro clássico em 2022. Nos bastidores, o Palmeiras anunciou, ontem, a contratação do centroavante Júnior Moraes. O jogador de 34 anos estava no Shakhtar Donetsk e retornou ao Brasil devido à invasão russa à Ucrânia.

* Estagiário sob a supervisão
de Marcos Paulo Lima

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE