COPA DO BRASIL

Sucuri brilha nos pênaltis e Brasiliense avança

Danilo Queiroz
postado em 17/03/2022 00:01

O Brasiliense repetiu o enredo na Copa do Brasil. Ontem, o Jacaré foi até o Estádio Barrettão, em Ceará-Mirim (RN), e sofreu mais do que o esperado diante do Globo pela segunda fase da competição nacional. O clube amarelo até saiu na frente, mas tomou o empate na bola aérea e terminou o tempo normal no 1 x 1. Nas cobranças de pênalti, o goleiro Edmar Sucuri voltou a se destacar. O camisa um pegou duas cobranças e colocou os candangos na terceira fase do torneio.

O jogo, em si, foi morno e de poucas grandes chances para os dois lados no primeiro tempo. O Brasiliense criou alguns bons momentos, mas pecou nas definições. O Globo, por sua vez, parou na trave do Jacaré. Mais ligado, o time amarelo marcou no início da segunda etapa com Tobinha chutando entre as pernas do goleiro. Em vacilo aéreo, Eduardo empatou para o time potiguar e forçou a definição em cobranças de pênalti.

Nas batidas da marca da cal, o Jacaré não chegou a sofrer em nenhum momento. O time saiu na frente com Aloísio e converteu todas as demais cobranças com Erick Daltro e Aldo. Notório pegador de pênaltis, o goleiro Edmar Sucuri segurou as duas primeiras batidas do Globo e encaminhou a classificação, sacramentada por Marcão.

Com a classificação, o Jacaré volta ao Distrito Federal com uma premiação de R$ 1,9 milhão. Os confrontos da terceira fase, que também terá a presença do Ceilândia como representante candango, serão sorteados pela CBF em 28 de março, uma segunda-feira.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE