Paulista

Memórias majestosas

No aniversário de 11 anos do centésimo gol de Rogério Ceni, São Paulo reencontra o Corinthians, que não perde há 20 anos em mata-matas para o tricolor. Quem vencer hoje no Morumbi enfrenta o Palmeiras na final estadual

VICTOR PARRINI*
postado em 27/03/2022 00:01
 (crédito: Paulo Pinto / saopaulofc.net)
(crédito: Paulo Pinto / saopaulofc.net)

O tempo passa e costuma trazer algumas recordações, sejam boas ou ruins, de períodos marcantes. Hoje, às 16h, São Paulo e Corinthians fazem confronto decisivo pela semifinal do Campeonato Paulista, com certo apego ao passado que pode levar a novos capítulos. O Majestoso no Morumbi tem apelo ainda maior para os donos da casa, em especial para o técnico Rogério Ceni, que também se depara com alguns fantasmas do clássico.

Há exatos 11 anos, o ex-goleiro e agora treinador são-paulino estufava as redes adversárias pela centésima vez na carreira. A vítima do arqueiro artilheiro no distante 27 março de 2011 foi justamente o Corinthians, que tinha Júlio César no gol e Tite como técnico. No duelo pelo Paulistão, na Arena Barueri, o dono das traves tricolores não somente definiu o placar da vitória sobre o arquirrival (2 x 1), como também derrubou o tabu de quatro anos e 11 jogos sem vencer o clássico.

Portanto, pouco mais de uma década depois, Ceni espera alegrar os corações são-paulinos novamente, porém, longe das traves e à beira do gramado. O duelo é importante, pois vale vaga na final do estadual e pode manter o São Paulo na defesa do título. No entanto, quando se trata de partidas mata-mata, o Timão costuma ser a pedra no sapato do ex-goleiro e da equipe do Morumbi.

Além de levar a vantagem no retrospecto geral do clássico, com 132 vitórias e 108 derrotas, o time do Parque São Jorge também costuma se dar melhor em confrontos decisivos ou que valem títulos. Considerando as 23 partidas por diversos torneios, como Paulistão, Brasileirão, Copa do Brasil, Recopa Sul-Americana e outros, os lados alvinegros comemoram 17 triunfos contra seis dos tricolores — nos últimos nove duelos derradeiros, o Corinthians levou a melhor em todas.

Duelos recentes

Mesmo assim, nos confrontos mais recentes, o São Paulo é quem dita as regras do clássico: foram duas vitórias e dois empates. Em partidas realizadas no Morumbi, o histórico é ainda mais favorável aos donos da casa. Desde 16 de abril de 2017, o tricolor não é derrotado nos próprios domínios. De lá para cá, foram nove partidas, com seis vitórias são-paulinas, três empates e nenhum triunfo alvinegro.

Ciente do passado, mas vislumbrando um futuro diferente, a torcida do São Paulo acredita que chegou a hora de derrubar as escritas negativas e traçar uma nova era no clássico. Com mais de 48 mil ingressos vendidos antecipadamente, o tricolor terá o maior público no ano, superando os mais de 46 mil espectadores do clássico com o Palmeiras.

"Para nós, são-paulinos, esse é o ponto mais alto, ver o Morumbi cheio, com 50 e 60 mil pessoas. É o que a gente imagina e espera. A única coisa que gostaria é que todos voltassem felizes para casa e retribuir o apoio, levando o São Paulo a mais uma final", disse Rogério Ceni.

 

* Estagiário sob a supervisão
de Fernando Brito

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE