Mineiro

Atlético-MG avança à 16ª decisão seguida

Correio Braziliense
postado em 28/03/2022 00:01
 (crédito: Pedro Souza/Atlético-MG)
(crédito: Pedro Souza/Atlético-MG)

O Campeonato Mineiro será decidido entre Atlético-MG e Cruzeiro depois de dois anos. Na noite de ontem, o time alvinegro fez a festa dos quase 30 mil torcedores que foram ao Mineirão ao ganhar da Caldense, por 3 x 0, no jogo de volta das semifinais. A classificação para a final havia sido encaminhada no duelo de ida, quando ganhou por 2 x 0, no mesmo estádio. Essa é a 16ª vez seguida que o Galo disputará o título estadual.

O jogo único da decisão vai acontecer no próximo sábado, no Mineirão. A Polícia Militar de Minas Gerais liberou torcida dividida.

Mesmo com nove desfalques, o Atlético-MG dominou a Caldense desde os primeiros minutos. Depois de Renan Rinaldi fazer pelo menos duas boas defesas, o placar foi aberto por Eduardo Sasha. Aos 19, o substituto do suspenso Hulk aproveitou cabeçada de Jair para o meio da área e tocou na saída do goleiro.

A Caldense se lançou para o ataque e Neto Costa exigiu boa defesa de Rafael em chute de fora da área. No contra-ataque, o Atlético-MG ampliou, aos 28 minutos. Zaracho ganhou a disputa no meio e lançou para Keno, que escapou em velocidade e deslocou Renan Rinaldi.

A pressão atleticana continuou. Zaracho exigiu boa defesa do goleiro em chute da entrada da área. A vantagem só não foi maior no primeiro tempo porque Jonathan evitou o gol de Keno em cima da linha depois de o atacante cortar Lula e bater rasteiro.

Como o confronto estava praticamente decidido, o segundo tempo começou de forma morna, com a Caldense trocando passes, mas sem oferecer perigo ao goleiro Rafael. Até que, aos 18 minutos, Ademir, que havia acabado de entrar, recebeu lançamento preciso de Rubens, dominou e bateu cruzado, sem chances para Renan Rinaldi.

O quarto gol atleticano só não saiu porque o goleiro da Caldense foi buscar, no cantinho, chute de primeira de Eduardo Sasha após cruzamento de Mariano. Nos minutos finais, o Galo valorizou a posse da bola até o apito do árbitro.

Cruzeiro e Ronaldo vivem incerteza sobre contrato da SAF

 (crédito: Gustavo Aleixo/Cruzeiro)
crédito: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Apesar das incertezas sobre a compra de 90% das ações da SAF do Cruzeiro, Ronaldo Fenômeno continua se manifestando publicamente como investidor do clube. Depois da classificação à final do Campeonato Mineiro, garantida com vitória por 2 x 1 sobre o Athletic nas semifinais, o ex-atacante usou as redes sociais para comemorar.

"Estamos na final! Parabéns a toda a equipe pela entrega e raça. Vamos por muito mais ainda", escreveu no Twitter. O time não chegava à final do estadual há dois anos. Por isso, a vaga conquistada, no sábado, dá força para Ronaldo, que vem participando ativamente do planejamento desde dezembro e vira argumento para convencer o Conselho Deliberativo a aprovar sua proposta.

Uma reunião extraordinária está marcada para 4 de abril. Na ocasião, serão discutidas mudanças solicitadas por Ronaldo para selar o acordo de aquisição da SAF (Sociedade Anônima de Futebol). As principais solicitações são o arrendamento das Tocas da Raposa I e II, um pedido de recuperação judicial ou extrajudicial e a exploração das atividades de futebol do clube.

Atualmente na Espanha, o ex-jogador de 45 anos deve vir ao Brasil para acompanhar as finais do Campeonato Mineiro. O Cruzeiro mantém o otimismo e sabe qual postura será adotada. De acordo com o treinador Paulo Pezzolano, os jogadores precisam manter o espírito mostrado no Mineirão no sábado. "Vamos jogar a final, teremos esse time: intenso e com muita fome", disse Pezzolano. "Nunca falo para o jogador ganhar, falo para melhorar. É uma confiança de seguir no caminho certo. Fazer melhor, porque os rivais sabem como jogamos, o que fazemos", completou.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE