Atlético se impõe e derrota Tolima

Correio Braziliense
postado em 07/04/2022 00:01
 (crédito:  DANIEL MUNOZ/AFP)
(crédito: DANIEL MUNOZ/AFP)

TÚLIO KAIZER

Não foi uma atuação de encher os olhos, mas o que valeu ontem à noite, em Ibagué, na Colômbia, foram os três pontos. O Atlético visitou o Deportes Tolima no estádio Manuel Murillo Toro, pela rodada de estreia na Libertadores, e conquistou a vitória por 2 x 0. Os gols foram marcados pelo meia argentino Nacho Fernández, no fim do primeiro tempo, e Tchê Tchê, na etapa final.

Foi a primeira vitória de uma equipe brasileira no Manuel Murillo Toro pela Copa Libertadores. Nenhum clube do país havia marcado no estádio até então. A equipe alvinegra segurou a pressão dos donos da casa, abriu o placar em bela trama coletiva no primeiro tempo e matou a partida na etapa final após jogada ensaiada em cobrança de escanteio.

Com a vitória, o Atlético divide a liderança do Grupo D da Copa Libertadores com o Independiente del Valle, do Equador, que venceu o América, também fora de casa, por 2 x 0. O Atlético volta a campo pela Libertadores na próxima quarta-feira, às 21h, em clássico contra o América, no Mineirão. No mesmo dia, às 23h, o Tolima visita o Independiente del Valle, no Equador. Antes, porém, o Galo tem pela frente a estreia no Campeonato Brasileiro. Domingo, às 16h, o Atlético recebe o Internacional no Mineirão.

O técnico Turco Mohamed escalou uma equipe bem diferente no Atlético. Poupados, Nathan Silva, Réver, Zaracho e Keno não entraram em campo. Eles foram substituídos por Diego Godín, Junior Alonso, Savarino e Dylan.

No lance do primeiro gol, Mariano tentou passe para Hulk, mas ela foi parar em Savarino. De primeira, o camisa 17 achou Nacho Fernández entrando livre dentro da área. O meia dominou e tocou na saída do goleiro para balançar as redes: 1 x 0.

Na etapa final, Turco Mohamed colocou Otávio e Rubens em campo, reforçando a marcação da equipe tanto na parte central como pelo lado esquerdo. E o treinador argentino foi premiado pelas primeiras mudanças feitas no jogo. Após cobrança de escanteio de Ademir, Junior Alonso desviou e Tchê Tchê apareceu na segunda trave para completar para as redes e decretou o placar final.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE