Galo e Coelho empatam

Correio Braziliense
postado em 14/04/2022 00:01
 (crédito: Pedro Souza/Atlético)
(crédito: Pedro Souza/Atlético)

João Vitor Marques

Intensos do início ao fim, Atlético e América fizeram um clássico histórico na noite de ontem. Em um Mineirão alvinegro, o Coelho largou na frente com um golaço de Felipe Azevedo, mas viu o Galo buscar o empate com Ademir, impedido, na reta final do segundo tempo. No fim das contas, igualdade por 1 x 1, em partida válida pela segunda rodada do Grupo D da Libertadores.

Mandante, o Galo dominou a posse de bola desde o início. Criou mais, trocou mais passes, finalizou mais vezes, fez dois gols bem anulados. Mas a estratégia do América, que reestreou o técnico Vagner Mancini, foi eficiente. Em um contragolpe perfeito no início do segundo tempo, Felipe Azevedo ganhou na velocidade de Godín, limpou Jair e acertou o ângulo de Everson.

Nos minutos finais, a insistência atleticana deu resultado. O lateral-direito Mariano encontrou bom lançamento para Ademir. Ex-jogador do América, o ponta ganhou de Iago Maidana, dominou bem e finalizou para as redes para deixar tudo igual. Sem VAR na fase de grupos, o gol em posição irregular foi validado.

"Tentamos desde o início do jogo romper a linha do adversário. Eles fizeram duas linhas muito fechadas, onde nos causou diversas dificuldades. A equipe mostrou maturidade, lutando até o final, todos os jogadores dando seu máximo. Queríamos a vitória, mas, infelizmente, não veio, mas o mais importante é a entrega de todos os jogadores", contemporizou o atacante Hulk.

Mesmo sofrendo o gol no fim, o América não deixou de comemorar o primeiro ponto na competição continental. "Significa muito. A equipe tá trabalhando bastante. Na Libertadores, vínhamos fazendo bons jogos. Hoje, por pouco, a gente não conseguiu uma grande vitória aqui. A equipe do Atlético é muito qualificada. Feliz pelo gol, feliz pela atuação da equipe. Trabalhar agora para poder evoluir e buscar essa classificação", destacou o atacante Felipe Azevedo.

O Galo fecha o primeiro turno da fase de grupos contra o Independiente Del Valle-EQU, no Equador. As equipes se enfrentam a partir das 21h30 de 26 de abril (terça-feira), no Estádio Banco de Guayaquil. No dia seguinte, o Coelho recebe o Deportes Tolima-COL, no Independência, para tentar a primeira vitória na Libertadores. A bola rola às 19h.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE